Psicólogo Leonardo coordena o projeto Fênix e está à disposição da comunidade para esclarecimentos sobre o assunto (Foto: Cathierine Hoffmann)

Tratamento por meio de terapia é uma nova ação para ajudar dependentes químicos a largarem o vício. O projeto é uma iniciativa da secretaria municipal da Saúde e Ação Social e do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Vó Bella, de Salvador do Sul. As atividades serão gratuitas.
Seja por dependência de drogas lícitas ou ilícitas, os cidadãos interessados poderão participar do serviço de apoio. De acordo com a secretaria, o projeto Fênix fortalece a organização familiar e traz a valorização à vida. Conforme o psicólogo Leonardo Douglas Silva da Silva, todas as pessoas que já foram internadas e em processo de desintoxicação podem participar dos encontros de apoio na sede do Cras.
“O primeiro está marcado para 7 de maio, a partir das 18h30min. As pessoas contarão com apoio de psicólogo, assistente social, equipe de enfermagem para manter a recuperação e fazer uma prevenção de recaída”, destaca Leonardo. Familiares e pessoas que convivem diariamente com os dependentes também poderão participar
Além disso, o Cras está à disposição de quem quiser conversar com o coordenador do projeto, o psicólogo Leonardo, para uma triagem inicial. “Aqueles que estiverem intoxicados no momento não poderão participar”, alerta o profissional.
Terapias comportamentais, atendimento individual, dinâmicas, workshops e prevenção de recaída para aqueles em fase de tratamento, serão algumas das atividades do grupo. “Queremos fortalecer não só o tratamento dos já dependentes químicos, mas também falar sobre prevenção”, afirma a secretária da Saúde, Márcia Ebbing Eckert. Para mais informações ligue 36381483.

Deixe seu comentário