A Associação Cultural Beneficente Floresta Montenegrina realizou na noite dessa quarta-feira, 10, o Seminário “O Negro e a Educação”. A programação contou com desfile, exposições e palestras. O intuito foi discutir sobre as crianças negras no espaço escolar.

Desfile de Modas da grife Nega Nagô foi um dos destaques do evento

Conforme Letícia Santos, presidente da ACB Floresta Montenegrina, a ideia foi trazer novamente para debate o primeiro tema do Seminário, que foi criado em 1992. “A gente achou interessante retomar o seminário pelo caráter vanguardista dele, ele foi um seminário que começou a ocorrer 15 anos antes da Lei 10.639, e naquela época pouco se falava da questão da escola… O tempo passou e a gente ainda acha a pauta escolar muito importante”, declarou Letícia.

A programação teve início às 19h, com um Desfile de Modas da grife Nega Nagô, de Caxias do Sul. Também no meso horário aconteceu a exposição de bonecas do coletivo Obax Atelier. Já às 19h30min, aconteceu a palestra “Atravessamento do Movimento Negro na História da Educação Nacional”, com Alexandre Ferraz da Conceição. Às 20h30min entrou em debate o tema “A Educação para as Relações Étnico Raciais e as Ações Possíveis no Chão da Escola”, com palestra de Roselaine Domingos de Castro Dias.

Deixe seu comentário