Em uma propriedade na rua Apolinário de Moraes, o acúmulo de lixo preocupa os moradores

Com lixo acumulado e mato alto, propriedades atraem insetos e geram insegurança entre vizinhança

Seja no Centro de Montenegro ou em bairros mais afastados, é comum encontrar imóveis abandonados e com falta de cuidado. Diante do cenário, muitos moradores reclamam do descaso de alguns proprietários que deixam seus imóveis sem qualquer manutenção, o que acaba atraindo insetos, roedores, marginais e transforma a área em local de acúmulo de lixo.

São vários os casos espalhados pela cidade, que somados às propriedades abandonadas, se tornam um transtorno para os moradores que têm suas casas e estabelecimentos desvalorizados com o mau cheiro e o péssimo aspecto criado com a ausência de manutenção de donos que, por algum motivo, não cumprem com o seu dever. No fim da rua Apolinário de Moraes, próximo da loja TaQi, uma propriedade tem se tornado motivo de constantes reclamações da vizinhança. “Estamos apavorados com tanta sujeira e bicho, além disso, temos preocupação com a saúde e vida das pessoas que moram lá”, disse uma vizinha, que prefere não ser identificada.

De acordo com a moradora, dois senhores vivem em residências diferentes no terreno, sendo que uma delas está com a estrutura toda comprometida e pode cair a qualquer momento. Nos arredores das casas, a quantidade de lixo acumulado chama à atenção. São Restos de eletrodomésticos, móveis, sacolas plásticas, garrafas pets, entre outros entulhos que formam um ambiente adequado para a proliferação de ratos, baratas, moscas, pulgas, aranha e mosquitos.

“Um dos moradores junta lixo há um tempo, então fica tudo acumulado no terreno, mas além da preocupação com a contaminação do meio ambiente, nos preocupamos também com a saúde de quem vive nesse lugar”, explica a moradora. “São duas pessoas que precisam de ajuda urgente, pois estão colocando a vida deles e a de todo mundo em risco”, completou.

Após limpeza, no terreno localizado na rua Profº Antônio Machado Rosa, ainda era possível ver um pouco da sujeira do local

No outro lado da cidade, no bairro São João, o problema é a falta manutenção em dois imóveis localizados no mesmo terreno na rua Profº Antônio Machado Rosa. Com placas de “vende-se”, o mato alto e o acúmulo de lixo na propriedade tem se tornado um pesadelo para quem mora nas proximidades, como conta a aposentada Elma Kettemann. “De vez em quando os proprietários aparecem para limpar, mas na maioria do tempo o terreno fica cheio de lixo atraindo bicho que acaba invadindo as casas da rua”, lamenta dona Elma. “Também tenho medo de marginalidade, porque já vi as portas dessas casas abertas várias vezes, e como ninguém mora nelas, o meu receio é de que isso atraia bandidos ou usuários de droga, o que compromete a segurança da vizinhança”, alerta a aposentada. “Já morou gente aí, mas agora que está à venda, fica tudo abandonado”, acrescenta.

A reportagem do Jornal Ibiá tentou contanto com os moradores da casa na rua Apolinário de Moraes, mas não encontrou ninguém no local. Na rua Profº Antônio Machado Rosa, a propriedade citada na matéria passou por limpeza na última quarta-feira, 15.

O que diz a Prefeitura
De acordo com a Diretoria de Fiscalização de Obras e Posturas, vinculada à Secretaria Municipal de Obras e Posturas (SMOP), todas as denúncias podem ser feitas via Ouvidoria da Prefeitura ou diretamente na Diretoria de Fiscalização.

Nos casos de irregularidades, os proprietários são notificados preliminarmente e têm um prazo de 20 dias para realizar a limpeza , caso isso não ocorra, são autuados no valor de 100 URMs. Decorridos mais 10 dias da aplicação da multa sem a atendimento à notificação, os proprietários ficarão sujeitos ao ressarcimento do custo dos serviços executados pelo município, acrescido de 40% .

Endereço e telefones úteis
Diretoria de Fiscalização: 3649-8234
E-mail: smop.dfop@montenegro.rs.gov.br
Endereço: Rua João Pessoa, 1388 – Centro (junto ao prédio da SMOP/PGM)
Ouvidoria: 3649-8290
E-mail: ouvidoria@montenegro.rs.gov.br
Endereço: Rua João Pessoa, 1363 – Centro (Prefeitura Municipal)

Deixe seu comentário