Foto: Divulgação Internet

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) apresentou a nova edição da Radiografia da Educação Infantil no Rio Grande do Sul, referente aos anos de 2016 e 2017. O estudo aponta à evolução do atendimento de crianças de 0 a 5 anos em creche e pré-escola nos Municípios gaúchos, as informações revelam dados positivos no cenário da Educação Infantil no Estado.

Em 2008, o Rio Grande do Sul ocupava a 19ª posição em termos de taxa de atendimento de matrículas na Educação Infantil no país, em 2016 e 2017, passou para 4ª posição.

A Radiografia da Educação Infantil é composta por três partes distintas e complementares entre si, a Análise Geral, que traz um panorama da situação de todo o Estado, a Posição dos Municípios, que apresenta o número de alunos atendidos em creche e pré-escola, as taxas de atendimento e a posição de cada Município e a Análise individualizada dos Municípios, que soma indicadores sociais e econômicos de cada Município, dados da receita municipal, além de informações relativas à evolução nas taxas de atendimento de crianças de 0 a 5 anos e do número de vagas a criar para o atendimento da meta 1 do Plano Nacional de Educação. Também apresenta os valores da receita do FUNDEB, assim como a aplicação de recursos na educação infantil nos últimos exercícios, separada de acordo com a natureza das despesas.

Deixe seu comentário