Candidatos ao Conselho na fila para ingressarem no local de prova

Trinta e cinco candidatos inscritos a uma vaga no Conselho Tutelar de Montenegro realizaram prova teórica na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cinco de Maio, na manhã deste domingo, 16. Houve três abstenções. O teste iniciou às 8h30min e encerrou às 11h30min, totalizando três horas. Foram 40 questões, 30 de Conhecimentos Específicos e dez de Português.

O resultado será divulgado no próximo dia 25. A aplicação da prova é a segunda fase da disputa. A primeira foi a inscrição e entrega de documentos.

São cinco cargos para conselheiros titulares e cinco para suplentes. O mandato será de quatro anos, permitida uma recondução. A eleição está marcada para o dia 6 de outubro e deverá ser feita através de 20 urnas eletrônicas solicitadas ao Tribunal Regional Eleitoral. Para votar, não será exigido o cadastro biométrico, embora a coleta das digitais seja importante para evitar filas no final do prazo. A posse dos eleitos será no dia 10 de janeiro de 2020.

O presidente da comissão eleitoral, Marcos Reis, salienta o aumento do número de inscritos em relação ao último certame. “Foi quase o dobro da última eleição”, frisa. Perguntado sobre a principal motivação dos interessados na vaga, ele destaca: “Principalmente, vontade dos candidatos de exercerem a cidadania”. Ainda, provavelmente, pesa a questão do desemprego e o salário acima de R$ 3.600,00. 

Outro ponto lembrado por Reis é a presença dos cinco atuais conselheiros no certame. Segundo o presidente, é uma oportunidade para a comunidade avaliar se aprova ou não o trabalho deles. 

Deixe seu comentário