Assistência, Medicamentos, PAM, Postos de Saúde, UBS Santo Antônio
Número de consultas no Posto de Atendimento Médico irá passar de 20 para 30 por dia

Melhorias incluem antecipação do horário de atendimento médico no PAM e mudança no turno de UBS do interior

O secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Azeredo, anunciou ontem melhorias no setor com a ampliação no número de consultas no Posto de Atendimento Médico (PAM) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) das localidades de Santos Reis e Muda Boi, a partir da próxima segunda-feira. Com essa medida, somada ao aumento realizado recentemente na UBS Santo Antônio e o atendimento noturno na Unidade Básica Ampliada (UBA), a estimativa do titular da pasta é que serão oferecidas 1.396 consultas médicas a mais por mês.

Azeredo observa que a medida deve contribuir para desafogar a emergência do Hospital Montenegro. Ele acrescenta que, no total, a secretaria municipal realiza cerca de 10 mil consultas clínicas por mês, além de 3.610 procedimentos de enfermagem, entre os quais curativos e a retirada de pontos. O titular da Saúde salienta que a comunidade deve primeiro procurar o posto mais próximo de sua casa ou, se for necessário, a “Assistência”, deixando o plantão do HM para casos de emergência. “Se agora não desafogar o hospital, o problema não é da secretaria de saúde”, afirma.

No PAM, o aumento será de 20 para 30 consultas e haverá mudança também no horário de atendimento. Atualmente, o usuário vai cedo para pegar uma ficha e depois precisa retornar às 11h quando começa o atendimento médico. A partir de segunda-feira, essas consultas serão antecipadas, começando às 8h. A enfermeira responsável pelo local, Carla de Oliveira Marins, esclarece que 50% das consultas serão para agendamento e a outra metade destinada a quem busca atendimento no mesmo dia.

No interior, o aumento será de 12 para 15 consultas nas UBS de Santos Reis e Muda Boi, em cada uma. Azeredo acrescenta que, após consulta aos moradores dessas comunidades, o funcionamento passou do turno da manhã para o da tarde, com início às 13h30min. Ele acrescenta que essa alteração foi aprovada também pelo Conselho Municipal de Saúde.

A UBS do bairro Santo Antônio já está com atendimento ampliado, disponibilizando a média de 36 consultas diárias. Azeredo esclarece que serão 18 consultas e um médico fixo durante todo o horário de funcionamento, das 14h às 20h. A previsão é que esse profissional garanta média de outros 18 atendimentos. A enfermeira responsável por essa unidade, Angelita Moraes, esclarece que antes o local tinha apenas 13 consultas, pois não havia médico fixo. Por isso, acrescenta a enfermeira, a secretaria havia feito alguns ajustes, retirando consultas de outros postos para possibilitar ao menos alguns atendimentos no local. “Agora melhorou 100%”, analisa Angelita. Segundo ela, essa unidade atende a moradores das comunidades do bairro Santo Antônio, Panorama, Faxinal, Alfama, Porto Pereira, Pinheiros, e parte do Cinco de Maio.

Mais medicamentos na farmácia do SUS
A Prefeitura adquiriu medicamentos para a farmácia da “Assistência”, suficientes para a demanda dos próximos dois meses, um investimento de R$ 304.825,00. O secretário Azeredo esclarece que a aquisição ocorreu no úlitmo dia 9, através do CIS-Caí, e a entrega está sendo realizada aos poucos. Sua previsão é que a carência de medicamentos da farmácia seja sanada em até 20 dias.

Ele acrescenta que a compra é baseada em um levantamento realizado pela secretaria, constatando a necessidade de investimento aproximado de R$ 150 mil mensais, dos quais R$ 25 mil são repassados pela União.

Farmácia Popular fecha dia 30
O Ministério da Saúde está realocando recursos do programa Farmácia Popular, o que inclui o fechamento dos estabelecimentos. A medida inclui o fim das atividades da Farmácia Popular, localizada próximo ao Hopital Montenegro, no dia 30 de junho.

A decisão do Ministério prevê que a economia na administração desses espaços resulte em repasses de recursos aos municípios para compra de medicamentos.
O secretário municipal da Saúde, Luiz Azeredo, ainda não sabe o valor que Montenegro irá receber, mas acredita que será inferior ao necessário e, por isso, lamenta a decisão do governo federal.

Saiba Mais
UBS Centenário – Ainda não há previsão para retomada das obras, que estão paradas após a desistência de duas empresas. Luiz Azeredo esclarece que, como a obra é feita com verba da União, a Prefeitura ainda aguarda decisão do governo federal quanto à autorização de retomada pela terceira vez.
UBS da Esperança – Obras de reformas estão em fase de licitação, sem data para início.

Novo endereço para o PAM – A Prefeitura continua a procura de um novo espaço para o PAM. O prédio é do INSS, e o órgão o quer de volta. O prazo para entrega era o final do ano passado. Luiz Azeredo frisa que o PAM não irá fechar e que continuará na área central da cidade.

Deixe seu comentário