25 servidores, incluindo agentes de saúde, equipe de enfermagem e equipe multidisciplinar, participaram dos atendimentos

Ação do projeto Rede Bem Cuidar RS atraiu 170 participantes

Os idosos brochienses aceitaram o convite da secretaria municipal de Saúde e Assistência Social e compareceram em peso ao evento realizado na manhã de terça-feira, dia 22, no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rincão dos Brochier. O momento contou com atenção à saúde física e mental e fez parte do projeto Rede Bem Cuidar RS, desenvolvido pelo Governo do Estado e que está sendo executado pela Prefeitura.

A população acima dos 60 anos que compareceu ao encontro passava por uma triagem para, em seguida, fazer um breve “check-up” com, entre outros, aferição da pressão, da glicose, pesagem e medição da altura. Depois, eles passaram por uma avaliação de saúde sobre seus hábitos e que também levantava dados sociais, como se os idosos moram sozinhos ou não. Além disso, os idosos também receberam uma caderneta com seus dados.

Idosos receberam caderneta com seus dados para facilitar futuros atendimentos

“É um livrinho que a gente montou aqui no Município e que contém todas as informações (do paciente)”, explicou a secretária municipal de Saúde e Assistência Social de Brochier, Mônica Aline Kerber Neis. Ali estão dados pessoais, medicações tomadas pelo paciente e vacinas já tomadas, por exemplo. “É para facilitar os atendimentos. Eles vão ter que levar sempre essa caderneta com eles”, reforçou Mônica.

A secretária explicou que o evento realizado vai de encontro a duas diretrizes do Rede Bem Cuidar RS: promoção da integração social e realização da avaliação física da população idosa. Inclusive, Mônica ressaltou a importância de poder voltar a reunir a comunidade. Para tanto, além da avaliação de saúde, os participantes puderam acompanhar um espetáculo teatral, tiveram almoço à disposição e, depois, participaram de um bailinho. Agora, segundo a secretária, o Município aguarda as orientações do Estado para dar continuidade às ações do programa.

Moradora de Novo Paris, Zélia Wentz, 63 anos, foi uma das pessoas que atendeu ao chamado para participar do evento. “Sempre vou quando tem”, garantiu. Ela destacou que busca sempre manter em dias seus exames e que gostou do atendimento recebido. “Também estou feliz em reencontrar o pessoal”, ressaltou.

José Atanásio também gostou de rever amigos

Quem também aprovou a iniciativa foi José Atanásio Schneider, 62 anos. O morador da localidade de Bela Vista comentou que havia feito aferições de saúde pela última vez há seis meses. Os exames de terça-feira mostraram que ele segue bem de saúde. Assim como Zélia, o agricultor comentou que um dos pontos altos do evento foi poder rever amigos.

Deixe seu comentário