Técnica em enfermagem Dorotilde recebeu a primeira dose da vacina em São José do Sul - Foto: arquivo JI

Pouco depois das 16h desta quarta-feira, dia 20, foi dada a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em São José do Sul. A imunizada é a técnica em enfermagem Dorotilde Itczak, 43 anos. Ela é servidora da secretaria municipal de Saúde, Saneamento e Assistência Social há 20 anos e umas das profissionais na linha de frente na luta contra a pandemia do novo coronavírus na cidade. A imunização foi realizada num ato simbólico no Centro de Saúde da cidade e contou com a participação da prefeita Juliane Maria Bender, a Juli, e demais servidores do local.

“É um momento muito esperado e de esperança”, disse a técnica em enfermagem pouco antes de receber a vacina. Na luta contra a Covid-19 desde o início da pandemia, ela comentou que deseja ver familiares e pacientes também vacinados. No entanto, isso ainda deve demorar alguns meses. Dorotilde revelou que ansiava pela vacina também para proteger sua filha e sua mãe, com quem ela mora. “Quero protegê-las e quero que elas fiquem bem. Tenho essa preocupação”, afirmou.

Município recebeu menos doses que o esperado, mas suficientes para imunizar idosos em ILP e profissionais de saúde da linha de frente no combate à Covid-19

O Município esperava receber 82 doses da vacina para imunizar 23 idosos asilados em Instituição de Longa Permanência (ILP) e 59 profissionais de Saúde. No entanto, foram remetidas pelo Estado, nesse momento, apenas 46 doses do imunizante fabricado pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac e adquiridas pelo ministério da Saúde. “Aguardamos as demais doses e seguimos a orientação do Estado”, destacou a secretária de Saúde, Saneamento e Assistência Social de São José do Sul, Rosimar Schley Rech. “Não vamos fazer a cobertura total dos profissionais, então vamos priorizar a linha de frente”, complementou.

Rosimar reforçou que a população deve manter os cuidados que minimizam a propagação do vírus, como respeitar o distanciamento social, usar máscara e realizar a higienização das mãos com álcool em gel. “Não podemos deixar de ter cuidados pela chegada da vacina”, observou.

Até esta quarta-feira, São José do Sul havia confirmado 68 casos de Covid-19. Desses, dois resultaram em óbitos e 63 são dados como recuperados.

Deixe seu comentário