Escola receberá uma programação variada no evento que acontece sábado e busca atrair toda a comunidade. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

Portas abertas. Evento voltado para a comunidade escolar da cidade contará com mostra de trabalhos, feira do livro e apresentações artísticas variadas

A Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) São José do Maratá abrirá sábado, dia 10, suas portas para a comunidade desfrutar de mais uma edição do Dia do Campo. O evento tem como atrações mostra de trabalho científicos e também apresentações artísticas. “O objetivo principal deste dia é proporcionar a interação com a comunidade, ampliar a visibilidade para a agricultura familiar, artesanato e diversidade do meio rural”, destaca o diretor Julio Ricardo Hoerlle.

A abertura oficial do Dia do Campo está marcada para as 13h30min, mas antes já estarão ocorrendo atividades na escola. Às 8h, professores orientadores dos trabalhos exibidos farão uma ronda para acertar os últimos detalhes dos projetos. Oficinas de artes terão início às 9h e, a partir das 10h, haverá ainda Feira do Livro com a presença do escritor Nilton da Silveira. Às 11h, começa a distribuição do galeto promovido pela escola. Os cartões custam R$ 15,00 e podem ser adquiridos na instituição de ensino, com membros da comunidade escolar ou na hora. O galeto será acompanhado de pão e saladas.

O encerramento das atividades está previsto para as 18h. Até lá ocorrerão diversas manifestações artísticas. Estão programadas apresentações do Grupo Instrumental de São José do Sul, do Coral Vozes de Santos Reis, das invernadas artísticas do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Peleadores do Sul e do Grupo de Artes Essência Nativa. Haverá ainda animação com playlist preparada pelo professor Marcos Cardoso e voz e violão com Vini. O evento contará também com a venda de torta, lanches, sucos e produtos da agricultura familiar.

Sobre os trabalhos, o diretor aponta que serão expostos 36 projetos feitos por estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. “Também haverá apresentação do projeto da cooperativa de alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Osvaldo Brochier, de Montenegro”, salienta. Durante o evento, os projetos de pesquisa serão avaliados.

Deixe seu comentário