Foto: Bombeiros Voluntários de Salvador do Sul e São Pedro da Serra
André Gomes Pinheiro. Foto: Facebook

RAPAZ foi velado pela funerária na qual trabalhou por 10 anos

O motociclista André Gomes Pinheiro, de 25 anos, faleceu na noite dessa terça-feira, 8, após sua moto Honda/CG 150, placa de Arroio do Meio, sofrer uma saída de pista. O acidente ocorreu por volta das 18h, na altura do km 253 da BR-470, divisa de Salvador do Sul com São Pedro da Serra. O corpo foi velado na capela da Funerária Forneck – em Salvador – empresa na qual André trabalhou por 10 anos. O jovem, que sonhava ser tatuador, foi cremado nessa quarta-feira, 9, em Novo Hamburgo.

Conforme informações dos Bombeiros Voluntários de Salvador do Sul e São Pedro da Serra, que prestaram os primeiros socorros à vítima, a motocicleta teria colidido com uma placa de sinalização às margens da rodovia. A fatalidade ocorreu quando André retornava do trabalho para casa. Ele foi levado ao hospital, mas pouco tempo depois faleceu.

Atualmente André trabalhava como serralheiro em uma fábrica de alumínio e sonhava, no futuro, se tornar tatuador. Ele era solteiro e não tinha filhos. Natural de Curitiba, no Paraná, o rapaz chegou ao Vale do Caí há cerca de 15 anos. O empresário Rafael Northon Mattana lamenta a perda.

Deixe seu comentário