Serão criadas salas de aula virtuais em plataforma digital

O governador, Eduardo Leite, anunciou na tarde dessa quarta-feira, 27, o planejamento para o retorno das aulas presenciais no Rio Grande do Sul. Com as aulas paralisadas desde 19 de março devido a pandemia da Covid-19, a expectativa é que as aulas presenciais nas escolas estaduais voltarão de forma gradual, mas por ora a prioridade será o início das aulas remotas que ocorrem no dia 1° de junho.

Desse modo, as instituições públicas e privadas de ensino deverão se adequar e iniciar o ensino à distância a partir da próxima segunda-feira, 1°. Segundo Leite, o modelo de retomada irá ocorrer por etapas, e entre cada fase haverá um período de 15 dias que servirá para “analisar o sucesso da fase anterior”. Serão criadas cerca de 37 mil salas de aula virtuais na plataforma “Google for Education”.

Segundo o governador, para o retorno das aulas presenciais as escolas terão de seguir protocolos gerais e específicos, além de observar a bandeira de cada região. Regiões com bandeira vermelha ou preta não poderão abrir escolas. Amarelo e laranja podem, mas com restrições. Porém, não se sabe ao certo a data no momento. “É um quadro de incertezas”, fala Eduardo Leite.

Compartilhar

Deixe seu comentário