O segundo caso de Dengue foi registrado em Montenegro. Trata-se de um homem de 55 anos, morador do interior que é esposo da primeira paciente confirmada no município. Ambos contraíram a doença durante uma viagem ao Nordeste do Brasil.

E na manhã desta sexta-feira, um homem morreu afogado nas águas do Rio Caí. Nilton Cesar, de 50 anos, não conhecia o rio, mas quis se refrescar após o almoço. Ele morava em Porto Alegre.

Um casal foi preso com 100 quilos de maconha na BR-386, em Montenegro. Eles saíram do Paraná e tinham como destino a cidade de Canoas. A prisão foi realizada pela PRF, durante ação de combate à criminalidade nas rodovias de acesso à Região Metropolitana de Porto Alegre.

Em Portão, a Polícia Civil realizou a prisão em flagrante de um indivíduo por tráfico de drogas. Foram apreendidos vários pés de maconha, além de sementes já predispostas à venda e ao plantio.

Grupo Vibra é premiado durante feira em Dubai. O frango “Griller”, lançamento da empresa, foi desenvolvido no Centro de Inovação da empresa, em Montenegro, e recebeu o reconhecimento internacional no final de semana passado.

Um casamento cheio de surpresas encantou Montenegro essa semana. Luisa Kranz e Ariel Reidel se uniram na igreja de Alfama. Chamou atenção o fato de que o vestido usado pela noiva, é o mesmo com que a sua mãe se casou, há 36 anos. Além disso, dois padres celebraram a união: os irmãos Eduardo e Gustavo Haas, que são primos do pai da Luisa. E para coroar de vez a cerimônia, os noivos foram até a festa montados em cavalos.

14,1% dos Montenegrinos são aposentados. A maioria recebe salários considerados baixos, inferiores ao que recebiam enquanto trabalhavam. Já os que estão na contagem regressiva para se aposentar estão apreensivos pelas propostas de mudanças na previdência que agora tramitam no congresso.

O Hospital Montenegro foi notícia essa semana, por razões boas e outras nem tanto. Nesta sexta-feira, o HM completou 88 anos de assistência à população de Montenegro e Vale do Caí. A comemoração foi singela devido a situação financeira difícil.

Com a falta dos repasses financeiros do Estado, vem crescendo o número de serviços cancelados ou reduzidos. As parcelas vencidas somam 8,2 milhões de reais e desde setembro de 2018 deixaram de ser realizadas aproximadamente cinco mil e 300 consultas, pelo menos 350 cirurgias, além de exames.

Outro tema que gera polêmica é o pronto atendimento. O Hospital Montenegro deve fechar esse serviço até o final de ano, atendendo apenas às urgências e emergências. Montenegro ainda em março deve abrir o seu plantão 24h, substituindo essa demanda. Municípios da região devem encontrar alternativa e mostram preocupação.

A dívida ativa do município de Montenegro fechou 2018 passando dos R$ 90 milhões. Este é valor que os contribuintes devem à Prefeitura, mas deixaram de pagar. Aí entra IPTU, ISSQN, taxas, aluguéis e demais obrigações que não foram cumpridas com os cofres públicos.

No esporte, a equipe montenerina da JA Jiu-Jitsu fez bonito na segunda etapa da Copa Prime de Jiu-Jitsu, em Tramandaí e retornou com 11 medalhas no peito. Neste domingo, as irmãs Débora e Denise Vargas correm em Palhoça, Santa Catarina.

Destacamos também que a zagueira montenegrina Isadora Haas fez sua estreia com a camisa do Sevilla, na Espanha. No Cantegril, o Chelsea derrotou o Peludos na decisão do Torneio de Verão e sagrou-se tricampeão do torneio. E no torneio do Grêmio Gaúcho, o Tok de bola tornou-se campeã da Copa Quero-quero de Verão.

Na região, mulheres aprendem a reaproveitar roupas usadas para confeccionar novas peças no curso de Introdução à Costura e Transformação das Peças de Vestuário realizado em Brochier. E Maratá conta com internet gratuita na praça. A rede já está disponível todos os dias das 8h da manhã até as 22h. A velocidade 4Mbps por conexão individual.

Neste domingo, Maratá recebe o 1º Pedal Ekonova. O evento deverá reunir mais de 300 participantes. A largada está programada para as 9h, do Parque da Oktoberfest.

Essas foram as principais notícias dessa semana. Fique conosco através das edições impressas diárias, do portal www.jornalibia.com.br e das redes sociais.

Deixe seu comentário