Somente uma região não foi classificada com alto risco epidemiológico no mapa preliminar da 31ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado. A região de Taquara e seus oito municípios receberam bandeira laranja – de risco médio para o coronavírus. Todo o restante do Rio Grande do Sul, incluindo a Região 08 – do qual pertence Montenegro e municípios da região –, aparece em vermelho nesta sexta-feira, 4.

Segundo o governo do Estado, em todo o RS houve piora em todos os indicadores. Entre as maiores variações estão o número de casos de Covid-19 ativos (aumento de 20%), os internados em leitos clínicos com Covid-19 registrados nos últimos sete dias (+15%) e os óbitos nos últimos sete dias (+29%). A Região 08 aparece entre as regiões com maior número de novos registros de hospitalizações na semana, com 73 ao todo.

Ainda de acordo com o governo, contabilizando os pacientes internados por outras causas nesta semana, houve praticamente estabilidade no número de leitos de UTI ocupados. Com a manutenção do total de leitos e o aumento de 3% nos pacientes confirmados internados em UTI, houve nova redução da razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19, chegando ao menor nível desde o início do Distanciamento Controlado: 0,62.

Porém o governador, Eduardo Leite, ressaltou a importância de reforçar os cuidados e diminuir a circulação de pessoas para conter a propagação de coronavírus. “Agora, o que queremos é que as pessoas se encontrem menos, em festas e confraternizações, ou mesmo em parques e locais públicos, onde tendem a se cuidar menos. Não é hora de aglomerações. Reduzir contatos é muito importante nesse momento, porque quebramos o ciclo de contágio”, afirmou Leite ao anunciar a suspensão da cogestão na última segunda-feira, 30.

O governo do Estado já anunciou que serão abertos mais 113 leitos nos próximos dias, totalizando 1.986 leitos de UTI SUS adulto – aumento de 113% ao total antes da pandemia, que era de 933 unidades. Dentre eles, os seis leitos UTI Covid que foram fechados no Hospital Montenegro serão reabertos, mas até o momento não há data para a abertura dos leitos.

Deixe seu comentário