Duelo feminino entre Só Risos e Olaria, pelo Municipal de Futsal Sicredi, foi o primeiro jogo do novo Domingão

Após 17 anos fechado para reformas, o ginásio Domingos dos Santos, o Domingão, finalmente está reaberto ao público montenegrino. A cerimônia oficial de reabertura ocorreu na noite dessa quinta-feira, 5, aniversário do Município, e foi marcada por muita emoção e nostalgia.

Diretor de Desporto de Montenegro, Odilson Soares destacou a importância do Domingão para a história da cidade e para o esporte local. Na mesma linha, o prefeito Gustavo Zanatta enalteceu a reabertura do ginásio. “Um momento tão importante e esperado pela comunidade. Uma das nossas promessas de campanha era ativar, de fato, o esporte dentro da nossa cidade. E no dia que comemoramos os 149 anos de Montenegro, a gente traz de volta o Domingão para a população”, ressaltou.

Zanatta também enfatizou a relevância histórica do Domingão para o município. “Me recordo de estar sentado aqui nas arquibancadas do ginásio, torcendo pelo nosso time da Frangosul, que teve uma trajetória muito bonita no esporte. São boas recordações, fora outras modalidades que tivemos aqui”, complementa.

Filho de Domingos dos Santos, que dá nome ao histórico ginásio, o jornalista Rogério dos Santos exalta o legado deixado pelo pai. “É um momento significativo demais, porque (o ginásio) leva o nome do meu pai. É importante ressaltar que ele foi um esportista nato, recorde de salto em altura, jogou profissionalmente por vários times do interior do Estado, como Brasil de Pelotas, São Paulo de Rio Grande, Bagé, Farroupilha, e foi um dos destaques do esporte militar, com vários recordes dentro da Brigada Militar naquela época”, declara.

Rogério lamenta que o ginásio tenha ficado fechado por quase duas décadas, mas acredita que a reabertura do Domingão pode fortalecer o esporte local. “Usufruí e tive momentos muito lindos aqui, da época do vôlei da Frangosul, do Riograndense, das interséries, todo mundo queria vir jogar aqui. Essas últimas gerações não pegaram esse ‘apego’ que a gente tinha pelo ginásio. Acho que ficamos muito tempo sem ter um ginásio esportivo desse calibre, agora muitos campeonatos podem acontecer aqui. O esporte dignifica e traz outro olhar, o foco. Então, estou muito feliz e agradeço a todos por deixar o ginásio pronto para os esportistas desfrutarem”, completa.

Marcelo Ignácio e o filho Alberto acompanharam os jogos da rodada dessa quinta-feira

O público compareceu em bom número na reabertura do local. Marcelo Ignácio levou o pequeno Alberto para acompanhar os jogos do Campeonato Municipal e teve um sentimento de nostalgia ao ingressar nas dependências do ginásio. “Quando eu era criança, do tamanho do Alberto, comecei a jogar futebol aqui, e ele que me incentivou a vir hoje. É muito legal, estávamos carentes de competições esportivas na cidade ultimamente, o esporte estava meio abandonado. A reabertura do Domingão traz de volta esse incentivo ao município. Fazia mais de 30 anos que eu não assistia a uma partida de futsal em um ginásio”, salienta.

Logo após a cerimônia de reabertura, o prefeito Gustavo Zanatta deu o pontapé inicial do remodelado ginásio, junto com a equipe da Diretoria de Desporto, familiares de Domingos dos Santos e um representante do Sicredi, cooperativa que apoia o Campeonato Municipal de Futsal Sicredi. Na sequência, a bola rolou oficialmente para a segunda rodada do certame feminino da competição.

Goleira artilheira se destaca no primeiro jogo

Goleira Joana, do Só Risos, marcou os dois primeiros gols do remodelado Domingão

Só Risos e Olaria disputaram a primeira partida do novo Domingão, e o primeiro gol demorou a sair. Na etapa inicial, muitas chances para os dois lados, mas nada das redes balançarem. O primeiro tento só foi marcado no segundo tempo, e saiu dos pés da goleira Joana, do Só Risos, que acertou um belo chute da quadra de defesa, no ângulo da arqueira adversária, anotando um golaço.

O segundo gol também foi marcado por Joana, em lance muito semelhante ao primeiro. Ela chutou de muito longe e não deu chances para a goleira rival. Para fechar o placar, novamente Joana arriscou de longe, a bola desviou no meio do caminho e enganou a arqueira do Olaria. Com a vitória por 3 a 0, o Só Risos se isolou na liderança da categoria, com duas vitórias e 15 gols marcados em duas partidas.

No complemento da rodada, a Ambev venceu o Enigma por 2 a 1, também pelo certame feminino, o Tricolor superou o Feras FC pelo placar de 5 a 3, na estreia dos veteranos, e o São Pedro/Olaria goleou o Real Madrid da Firma por 6 a 1, também pela categoria Veterano. A competição segue na próxima terça-feira, dia 10, novamente no ginásio Domingão.

Deixe seu comentário