Veículo levado pela quadrilha foi recuperado foto: BM/Divulgação

Roubo ousado. Criminosos invadiram empresa no Despique, em Pareci Novo

Uma ação planejada de pelos menos quatro homens armados com pistolas resultou no roubo a uma distribuidora de frutas em Pareci Novo. De acordo com a Brigada Militar, a ação na empresa Irmãos Nedel, situada na localidade de Despique, ocorreu às 23h15min de quarta-feira. A quadrilha, que usava toucas ninjas e luvas para não deixar pistas, chegou ao local e rendeu o funcionário que trabalha na portaria.

De posse desta vítima, os criminosos renderam mais dois funcionários que trabalhavam naquele momento. Eles prenderam o trio em um banheiro por pelo menos 40 minutos, enquanto tentavam descobrir a localização de um cofre com dinheiro. Entretanto, os funcionários disseram que não havia cofre na empresa, o que despertou a ira da quadrilha, que respondeu com socos e pontapés nas vítimas.

Durante a ação criminosa, um dos vidros da empresa foi quebrado e o alarme disparou, mas mesmo assim não fez com que os bandidos fugissem. Após insistir mais um tempo, tentando levar também um malote de dinheiro, não encontrado pelos ladrões, a quadrilha fugiu em um Fiat Uno, verde, placas ICR 6708 de Pareci Novo. O carro é de propriedade do vigilante Paulo Roberto Seger, 56 anos, natural de Novo Hamburgo.

Além do veículo, foram levados cheques, objetos pessoais dos funcionários, R$ 600,00 e um gravador de vídeo digital de segurança (DVR) com as filmagens das câmeras de monitoramento. A Brigada Militar não teve acesso ao sistema de monitoramento de câmeras.

Conforme um dos PMs que atendeu a ocorrência, os criminosos demonstraram estar muito bem informados da rotina da empresa, como o número de funcionários que estava trabalhando, e o horário da troca de guarda.

Veículo foi localizado de madrugada nas proximidades
Embora nenhum dos criminosos tenha sido preso pela Brigada Militar, que sequer conseguiu descobrir qual veículo foi utilizado na ação criminosa, por conta da ausência de testemunhas ou imagens, o carro levado do vigilante foi localizado.

Por volta das 4h15min da madrugada, a BM foi acionada dando conta que um automóvel com as mesmas características havia sido encontrado pela própria vítima também no Despique, a poucos quilômetros do local do crime.

O sistema de corta-corrente disponível no interior do modelo colaborou para que os assaltantes não conseguissem levar para longe o carro. Os policiais militares constataram que o rádio do veículo havia sido subtraído. Por conta disso, foi solicitada a perícia, mas que deverá ter o seu trabalho prejudicado já que o automóvel foi mexido.

O Fiat Uno foi removido para o depósito do Detran, em Montenegro.

Deixe seu comentário