Em Montenegro, homenagem ocorreu em frente ao Instituto Penal (IPM)

Na tarde desta segunda-feira, 7, profissionais da Segurança Pública de Montenegro prestaram uma homenagem a Clóvis Antônio Roman, de 54 anos, agente da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) morto na última madrugada em Caxias do Sul. Ele sofreu inúmeros disparos durante o resgate de um preso em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade da Serra gaúcha.

De acordo com a Susepe, quatro homens portando armas de fogo e usando roupas da Polícia Civil chegaram ao local em um veículo, renderam os agentes, dispararam diversas vezes e resgataram o preso. Outro agente ficou gravemente ferido na ação.

Em Montenegro, agentes da Susepe, policiais civis, militares, bombeiros, guardas municipais e agentes da Polícia Penal participaram da homenagem em frente ao Instituto Penal de Montenegro (IPM). Os profissionais rezaram um Pai Nosso e uma Ave Maria, ligaram as sirenes das viaturas por alguns minutos e encerraram o ato com uma salva de palmas.

Deixe seu comentário