Motorista preso disse que receberia R$ 10 mil para levar a carga até a região metropolitana. Foto: Divulgação/PRF

Em operação de combate ao crime na BR-386, em Lajeado, na noite desta quinta-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de três toneladas de maconha, no que se tornou a maior apreensão desta droga no Rio Grande do Sul. A quantidade exata só será conhecida no final da manhã, quando deve ser concluída a pesagem oficial durante a lavratura do flagrante na delegacia da Polícia Federal em Santa Cruz do Sul. Até então, a maior apreensão desta droga no Rio Grande do Sul havia sido em Canoas, com duas toneladas de maconha sendo retiradas de circulação.

Droga estava armazenada em carreta bitrem. Foto: Divulgação/PRF

A apreensão se deu quando os policiais rodoviários federais abordaram uma carreta bitrem com placas de Iraí, da região do Alto Uruguai. Após fiscalização inicial da documentação do veículo e do motorista, que informou estar sem nenhuma carga, os policiais desconfiaram de algumas informações prestadas e aprofundaram a verificação. Na carroceria da carreta foi localizada grande quantidade de pacotes com maconha.

Preso em flagrante, o motorista que tem 50 anos e é morador de Uruguaiana, informou que pegou o veículo em Iraí e receberia R$ 10 mil reais pelo transporte da droga até a região metropolitana de Porto Alegre. Ele responderá pelo crime de tráfico de entorpecentes. O homem, a carreta e a droga foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Santa Cruz do Sul.

Deixe seu comentário