Seguem as buscas pelos dois criminosos envolvidos na morte do policial civil Leandro de Oliveira Lopes. Na noite de quarta-feira, dia 2, o compadre de Valmir Ramos, conhecido como “Bilinha”, um dos acusados que está foragido, foi preso. Ele é suspeito de abrigar a dupla de criminosos. No celular dele, foram encontradas diversas imagens das ações realizadas na captura dos indivíduos, inclusive da formação de barreiras.

O homem, que não teve o nome divulgado, estava em uma casa na localidade de Bananal. O preso é apontado como o dono de três armas, duas espingardas e uma pistola, encontradas em outra propriedade. Após ser ouvido na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro. Ele vai responder em liberdade por não haver elementos para justificar o flagrante. O cunhado dele, que estava com o armamento, pagou fiança e também foi liberado.

Quem tiver alguma informação deve ligar para o 197, da Polícia Civil ou 190, da Brigada Militar.

Deixe seu comentário