Rafael teria se ferido durante tentativa de fuga, ontem. Foto: Divulgação/ BM

Operação da Brigada Militar de São Leopoldo prendeu Rafael Santos Domingues, de 19 anos, acusado de participação na execução de Leomar Canova e do filho Luiz Fernando Canova, em Estância Velha. A operação aconteceu por volta das 23h30min desta terça-feira, dia 23, no bairro Loteamento Albino Kern, na cidade de Portão. Ele encontrava-se na situação de Procurado pelo latrocínio ocorrido no dia 10 deste mês quando, ao lado de comparsa, assaltou relojoaria da família estanciense.

A localização foi possível graças a denúncia anônima ao Telefone de Emergência 190. Guarnições somando 11 agentes deslocaram então ao endereço para cumprir mandado de prisão expedido pela 2º Vara Judicial da Comarca de Estância Velha. Apesar da idade, o acusado já possui antecedentes policiais por adulteração de sinais veiculares e apreensão de objeto.

A residência onde se escondia fica no interior do município, em local de difícil acesso e pertencente à pessoa com ligações ao tráfico de drogas. O sujeito conhecido pela alcunha de “Zoreia” é apontado como um dos chefes do tráfico de drogas na Vila Brás, em São Leopoldo, e está preso. Ainda assim, deva guarida a Rafael desde o dia do latrocínio, há três semanas. No local ainda estava a namorada dele e outras quatro pessoas (mulher e três crianças).

*Informações e fotos do jornal O Diário na Internet e WhatsApp

Deixe seu comentário