Foi preso o terceiro envolvido na troca de tiros com a Brigada Militar de Montenegro neste domingo, 23. O indivíduo havia sido resgatado por outro suspeito em uma moto, na noite de domingo, e foi preso na cidade de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. De acordo com informações do 17º Batalhão de Polícia Militar (17ºBPM), por volta das 12h30min desta segunda-feira, 24, eles foram abordados após tentarem fugir para dentro de uma residência, despachando um objeto não localizado.

Com eles, foram apreendidos uma motocicleta BMW/F800 GS de placa IXV9E03, 05 munições calibre .38 intactas, 01 munição calibre 12 intacta, 03 celulares, 01 lacre de numeração 0070867399, 01 par de placas, 03 relógios, 05 torrões semelhante a maconha, 10 cápsulas de um produto semelhante a cocaína, 01 carregador de HT, 17 pedras semelhante a crack. Eles foram conduzidos a UPA para exames de lesões e posterior a delegacia para registro do fato.

Os outros suspeitos foram identificados como Patrick Adriano Melo Padilha, de 35 anos, Andrei Brito da Rosa, de 22 anos. Eles acabaram mortos após o confronto, que ocorreu em frente à entrada da empresa Arauco (trevo da Masisa).

Andrei não possuía antecedentes criminais. Já Patrick tinha passagens por roubo a banco, assalto em lotérica, roubo a residência, tráfico de drogas, porte ilegal de arma e fugas do presídio. As identificações ainda devem ser confirmadas oficialmente pelo IGP.

Relembre
No domingo, 23, por volta das 10h da manhã, houve uma troca de tiros entre a Brigada Militar de Montenegro e os indivíduos, que teriam assaltado um empresário em Linha Pinheiro Machado, interior de Brochier. Após o conflito, dois dos bandidos morreram e, o terceiro, conseguiu fugir. Viaturas da Brigada Militar, PRE e PRF, além de um helicóptero do Batalhão de Aviação da BM auxiliaram na busca pelo terceiro suspeito.

 

Deixe seu comentário