Penitenciária Estadual Agente Jair Fiorin de Montenegro . FOTO: ARQUIVO/JORNAL IBIÁ

Um preso de 43 anos morreu na Penitenciária Estadual de Montenegro no fim da tarde desta quinta-feira, dia 11. Segundo registro feito por agentes da Susepe na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), ele havia testado positivo para o novo coronavírus. A assessoria de imprensa da entidade, porém, afirma que a doença não foi a causa do óbito.

O corpo do detento foi encaminhado ao IML e a principal indicação é de que ele tenha tirado a própria vida. De acordo com a Susepe, ele já tinha histórico de atendimento psicológico de, pelo menos, dois anos. O preso se encontrava em uma cela isolada desde segunda-feira, dia 8, após ter testado positivo para Covid-19. Ele foi encontrado morto por volta das 18h15 de ontem.

A Susepe garantiu que a unidade mantém todos os protocolos de saúde preconizados para conter a disseminação e o avanço do coronavírus. Destacou ainda que, dos mais de 39 mil presos do sistema penitenciário gaúcho, apenas três testaram positivo.

ATUALIZAÇÃO: A reportagem teve acesso a ficha do preso. Ele deu entrada na Penitenciária no dia 2 de abril e, com depressão, recebia acompanhamento psiquiátrico desde o dia 30. Em relação a Covid-19, ele estava assintomático; e era acompanhado diariamente na cela, com aferição de temperatura e oximetria de pulso. Ele foi testado e positivado através de um teste rápido; e chegou a ser feita a coleta para o teste PCR, que foi encaminhado ao Lacen, mas o resultado não voltou.

Deixe seu comentário