Vítima foi encontrada pelos agentes penitenciários no corredor da Galeria A

Asfixiado. Homicídio registrado no presídio é o primeiro do ano em Montenegro

A Polícia Civil identificou como Edison Luiz Vrielink, 49 anos, o apenado encontrado morto na manhã de ontem na Penitenciária Modulada de Montenegro. De acordo com o delegado plantonista da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) do Vale do Caí, Marcos Eduardo Pepe, apesar de um dos presos da cela ter assumido a autoria do homicídio, os três companheiros de cela do apenado morto serão indiciados pela morte. Além disso, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) abrirá um inquérito próprio para investigar as razões do crime. Este é o primeiro homicídio do ano registrado em Montenegro.

Edison Luiz Vrielink era natural de Barão e tinha 49 anos foto: Arquivo/Ibiá

Conforme nota da Susepe divulgada para a imprensa, agentes penitenciários faziam a conferência das celas da Galeria A da penitenciária, por volta das 8h, quando os presos da cela onde estava Edison apresentaram no corredor o apenado já sem vida. A perícia foi acionada para determinar as causas da morte. Uma primeira análise apontou que a vítima teria sido asfixiada.

Edison, que é natural de Barão, estava numa cela do “seguro” e não pertencia a nenhuma facção criminosa. De acordo com o delegado Pepe, o “preso do seguro” é aquele que está temporariamente numa cela até ser definido se ele será transferido ou se ficará na penitenciária onde está. A vítima estava encarcerada na Modulada desde 2014. A Susepe e a Polícia Civil não souberam informar por qual crime Edison cumpria pena.

Deixe seu comentário