Prefeito de Montenegro participou de videoconferência com o governador do Estado. Foto: Prefeitura de Montenegro

Os Municípios gaúchos receberão recursos do ministério da Saúde para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito na quarta-feira, dia 25, pelo governador Eduardo Leite e a secretária estadual da Saúde Arita Bergmann. Ao todo serão R$ 32,4 milhões divididos entre todos os 497 Municípios gaúchos. Os recursos serão divididos levando em conta o número estimado de habitantes de cada cidade, a sua população idosa e, para Municípios com Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou Pronto Atendimento (PA), a população total.

Em videoconferências com prefeitos de alguns municípios gaúchos – numa das quais participou o prefeito de Montenegro Carlos Eduardo Müller, o Kadu – a secretária Arita explicou que os recursos serão utilizados preferencialmente para a organização de centros de triagem dos pacientes nos municípios, a fim de evitar contato direto entre casos suspeitos de Covid-19 com outros pacientes.

Aos prefeitos de 20 municípios gaúchos, foi informado o valor que cada um receberá para implementar as medidas. Montenegro receberá R$ 194 mil. A secretaria estadual da Saúde não divulgou, até o momento da publicação desta matéria, os valores a serem destinados para Brochier, Maratá, Pareci Novo e São José do Sul.

Em relação a equipamentos de proteção individual e hospitalares, demanda de vários prefeitos, o governador informou que o Estado está contatando fábricas que possam ajustar a produção e acelerar o processo de produção, por exemplo, de respiradores. “Estamos atuando em todas as frentes para viabilizar equipamentos, testes rápidos e respiradores”, disse Leite. Pelo atual plano de contingência do Rio Grande do Sul, estão disponíveis cerca de 1,2 mil leitos de UTI no Sistema Único de Saúde (SUS).

Deixe seu comentário