Projeto foi lançado a empresários e entidades na manhã desta quarta-feira, na Estação da Cultura

A Administração Municipal organiza, para novembro, a 1ª Feira de Empregos e Profissões de Montenegro. Programado para os dias 8 e 9, o evento vai ocorrer na Praça Rui Barbosa. A ideia é reunir, em estandes, diferentes empresas do Município, bem como instituições de ensino, e ali mostrar o que elas fazem, como funcionam, e que ofertas de emprego podem vir a oferecer.

“Nós fizemos visitas e percebemos que existe um sentimento geral de mostrar as empresas e o que elas fazem”, explica a secretária municipal de Indústria e Comércio, Cristiane Gehrke. “Conhecendo as empresas, a pessoa já vai saber quais cursos precisa para se preparar. Nós ouvimos muitos dos empresários de que eles não conseguem suprir as vagas porque não tem mão de obra preparada no Município.”

O projeto foi apresentado nesta quarta-feira, dia 14, a um grupo de empresários e representantes de entidades e instituições de ensino. Teve boa recepção.

Focada principalmente nos jovens que cursam o Ensino Médio e estão para entrar no mercado de trabalho, a Feira deve incluir, além das empresas, a oferta de testes vocacionais e também oficinas e workshops que ainda serão divulgadas. Também busca parcerias com escolas da cidade para garantir que o público-alvo esteja presente.

Haverá, ainda, espaço para captação de currículos para contratação ou formação de banco. “Nós recebemos demandas por mão de obra e geração de empregos em nossa cidade, então não poderíamos ficar em silêncio”, destaca Cristiane. O trabalho está sendo feito em alinhamento com a secretaria de Habitação e Assistência Social.

 

Conselho Municipal do Trabalho já teve a segunda reunião

Criado em 2009, mas descontinuado em 2011, o Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Geração de Renda de Montenegro (Comemp) foi retomado no mês passado. Ele tem por objetivo o acompanhamento das demandas da cidade e a busca por políticas públicas, com participação do poder público e de entidades representativas. A segunda reunião do grupo ocorreu nesta quarta-feira.

Conforme a secretária Cristiane, que é presidente do Conselho na atual gestão, o trabalho inicial está sendo a coleta das demandas, com análise quantitativa da situação atual em Montenegro. “No Comemp, nós buscamos entender as demandas do Comércio, da Indústria e da Agricultura no Município; e até, talvez, o que nós temos em excesso de mão de obra qualificada em alguma área”, explica.

Deixe seu comentário