Diferente dos boatos que circulam em grupos de WhatsApp e redes sociais, durante este final de semana, 6 e 7 de março, o comércio de produtos essenciais de Montenegro, especialmente supermercados e farmácias, poderá operar normalmente dentro das regras e dos horários estabelecidos pela Bandeira Preta. A garantia é do prefeito Gustavo Zanatta e visa dissipar boatos sugerindo o fechamento geral das atividades produtivas no sábado e no domingo, difundidos através das redes sociais.

Uma das consequências do boato é a grande aglomeração de consumidores nos estabelecimentos na tarde desta sexta-feira, 5. Muitos estão com medo de ficarem sem alimentos e remédios. Zanatta classifica este tipo de boataria como “criminosa”.

O gestor garante que a medida não foi cogitada. “A Administração Municipal jamais tomaria uma decisão desse tipo, justamente porque motiva as pessoas a fazerem suas compras todas no mesmo dia, expondo-se ao risco de contágio. É um absurdo!”, reclama. A força com que a mentira se espalhou sugere, inclusive, que pode haver um movimento organizado com o objetivo de semear e desinformação e o pânico. O prefeito vai pedir que as autoridades tentem identificar os autores.

Zanatta reitera a necessidade do uso da máscara e do álcool em gel. E faz novo apelo para que as pessoas não participem de aglomerações. A fiscalização seguirá nas ruas no final de semana. “Quem tiver de ir ao supermercado deve ir sozinho e evitar os momentos de pico”, reforça.

Deixe seu comentário