Individualmente, há linhas que tiveram queda de até 28,64% no valor nestes onze dias. FOTO: PORTAL SUPERMERCADISTA/DIVULGAÇÃO

Pesquisa do Ibiá mostra queda média de 3,74% no valor do produto nos mercados

Os principais mercados de Montenegro começaram cedo as movimentações de venda de Páscoa. Foi só passar o Carnaval que muitos já encaminharam a instalação das tradicionais gôndolas, cheias de ovos de chocolate. Os gerentes apontavam a importância de não deixar as compras para a última hora, aproveitando a variedade dos estoques. Só que quando a questão é preço, levantamento feito pela reportagem evidencia que os produtos estão mais baratos agora, com a proximidade da celebração.

O Ibiá esteve em três supermercados do Centro, acompanhando a variação dos valores. No dia 5 de abril, a média praticada nos ovos das marcas Lacta e Nestlé – reconhecidamente as favoritas dos consumidores – era de R$ 185,22, o quilo. Uma segunda visita, realizada na última terça-feira, 16, apontou a média de R$ 178,29 – uma queda de 3,74% nos produtos. Os ovos são comercializados em unidades de 157 gramas, 356 gramas, 202 gramas, dentre outros. Muitos vêm com brinquedos surpresa dentro, o que sempre faz a alegria da criançada.

É nessa contagem regressiva para a Páscoa, também, que costumam ser feitas as promoções mais consideráveis, visto que os estabelecimentos chegam ao ponto de precisarem diminuir seu estoque de ovos. Analisando individualmente alguns produtos, entre os dias 5 e 16 de abril, houve barateamentos de 8%, 13%, 14,32% e até de impressionantes 28,64%. Quem resolveu esperar para esta semana, sem dúvida, se deu bem nas compras de Páscoa.

Supermercados gaúchos devem faturar R$ 84,5 milhões com o item
A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) realizou um levantamento pelo estado para tirar a temperatura dessa que é a melhor época para a venda de chocolates na região. Conforme a entidade, as 4,6 mil lojas do setor supermercadista gaúcho devem alavancar um faturamento de R$ 84,5 milhões só com a venda dos ovos de Páscoa.

A boa previsão vai de encontro a outros importantes indicadores do varejo. Conforme a Federação Gaúcha das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-RS), por exemplo, as vendas da época devem fechar 10% acima do mesmo período em 2018. Ela também aponta que o ticket médio das compras vai girar em torno dos R$ 145,00, um gasto maior do que no ano passado.

Uma pesquisa da Boa Vista, empresa de inteligência de mercado, aliás, confirma que cresceu o número de brasileiros que quer gastar mais do que em 2018 com os itens deste Feriado. Conforme a entidade, os ovos de Páscoa seguem sendo tradição e os preferidos entre os compradores para presentear familiares e amigos.

A mesma quantia, 3 vezes mais barata
A tradição e simbologia do ovo de Páscoa, o formato, a embalagem, o brinquedo surpresa de alguns casos…tudo agrega valor ao item na composição de preços dos mercados. Mas no que se refere ao chocolate, de fato, colocar os preços na ponta do lápis mostra que há uma grande diferença na proporção do produto no formato barra ou bombom. Há casos em que é cobrado três vezes mais pela mesma quantidade de chocolate só por sua apresentação, “em ovo”.

A reportagem realizou o levantamento e mostra, a seguir, o quanto pesa essa diferença. Na hora de comprar os presentes, é interessante pensar nas pessoas para as quais o ovo é, mesmo, indispensável. As outras opções são, claramente, mais em conta. Confira:

Deixe seu comentário