Posto, em Montenegro, já se adequou

Começou a valer neste sábado, 7 de maio, a regra de que os postos de gasolina só podem exibir o preço dos combustíveis com duas casas decimais; não mais com três, como ocorria até então.

Essa mudança foi determinada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no fim do ano passado. O objetivo, segundo o órgão, é deixar o valor mais preciso e mais claro para o consumidor.

De acordo com a ANP, os preços, com as duas casas decimais, devem ser exibidos tanto no painel de preços quanto nos visores das bombas abastecedoras. A agência explicou que, nas bombas, o terceiro dígito até pode ser mantido, desde que marcando zero e travado no momento do abastecimento. “Dessa forma, os postos não precisarão trocar os módulos das bombas, o que poderia acarretar custos aos agentes econômicos”, justificou, em nota.

Deixe seu comentário