Botijões podem chegar aos R$ 90. Foto: Arquivo Ibiá

O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, disse nesta sexta-feira (18) que é preciso discutir o preço dos combustíveis no país. Ele avaliou que o valor do litro “está subindo demais”, e revelou que medidas já estão em discussão, como a redução do PIS/Cofins e do ICMS.

Ele afirma que esse quadro já foi pauta de conversas com os presidentes da Petrobras, Pedro Parente; e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O governo acredita que há alguma distorção inacessível e que seria fundamental que a população compreendesse.

Segundo o ministro, a Petrobras pratica uma política de preços correta, mas é preciso entender que a composição do preço envolve outros fatores. Ele defende uma discussão desses outros fatores, porque, sobretudo o gás de cozinha, não é um bem notável.

PIS/Cofins e ICMS

Para Moreira Franco, os impostos são muito elevados e, segundo ele, já está em discussão a possibilidade de reduzir o PIS/Cofins e o ICMS. A discussão sobre o preço dos combustíveis, na visão dele, também deve envolver a Petrobras, pela sua importância como fornecedora.

Deixe seu comentário