Primeiro incêndio foi registrado por volta das 5h e 30min deste domingo no bairro Santo Antônio

Suspeita é os dois incêndios possam ter sido criminosos e causados pela mesma pessoa

A Polícia Civil investiga a possibilidade de que os dois incêndios que aconteceram na manhã deste domingo em Montenegro possam ter sido criminosos e causados pela mesma pessoa. “Estamos trabalhando com essa suspeita, foi chamada a perícia para os locais, então estamos investigando se houve uma relação, se foi criminoso, quais desses incêndios foram criminosos ou se ambos foram criminosos”, destaca o delegado da Polícia Civil, André Roese.

O primeiro incêndio aconteceu por volta das 5h e 30min deste domingo em uma residência localizada na Rua Ramiro Barcelos, no bairro Santo Antônio. O Corpo de Bombeiros do município foi acionado para conter as chamas, mas a casa foi totalmente devastada pelo fogo. No local residia a moradora Luciana Aparecida da Silva, de 42 anos, e seus três filhos. O filho mais velho, Henry Gabriel Ferreira, de 22 anos, era o único que estava em casa na hora do acontecido.

“Foi por volta das cinco e meia da manhã, eu acordei no desespero e a casa já estava pegando fogo na parte da frente, então eu desci pela parte de trás e vi que já estava tomado pelo fogo, não tive como salvar nada”, conta o jovem.  Segundo ele a suspeita da família é que o incêndio tenha sido criminoso e possa ter sido provocado pelo ex-namorado da mãe. “Eu estava com o celular da minha mãe e ele ligou a noite toda pra ela”, relata Henry.

A família está abrigada na casa de parentes e agora conta com a solidariedade para tentar recomeçar. Uma vaquinha online está arrecadando doações em dinheiro e também foram doados um fogão, uma geladeira e um colchão. Quem quiser ajudar com alguma doação pode entrar em contato nos telefones 980341920 ou 99968 5385.

Segundo incêndio atingiu uma casa e uma pensão de oito quartos

O segundo caso de incêndio foi registrado por volta das 7h da manhã deste domingo em uma casa localizada na Travessa Capitão Porfírio, no centro da cidade. O fogo que teve início na residência também acabou atingindo oito apartamentos de um prédio ao lado, onde fica localizada uma pensão.

A casa que pegou fogo ao lado da pensão pertencia ao suspeito de colocar fogo na residência do bairro Santo Antônio. O local foi isolado para a realização de perícia e a Polícia Civil investiga se há ligação entre os casos.

Deixe seu comentário