Ação resultou na apreensão de quatro armas de fogo, munição variada, celulares, dinheiro e touca ninja - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Após três meses de investigação, a Polícia Civil (PC) deflagrou a Operação Santa 2 na manhã desta sexta-feira, dia 6, no município de Nova Santa Rita, com o objetivo de combater situações de violência doméstica e ameaças com arma de fogo. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão.

A ação resultou na apreensão de quatro armas de fogo, munição variada, celulares, dinheiro e touca ninja. Até o momento, houve prisão em flagrante de três pessoas por porte ilegal de arma de fogo.O foco da ação foram ocorrências de violência doméstica envolvendo os delitos de ameaça e injúria com emprego de arma de fogo.

Dentre todos os casos investigados, destacou-se uma briga em que o suspeito pegou sua arma, mostrou para a vítima e deixou em cima da cama junto com munições para coagi-la. Quando a vítima conseguiu acionar a Brigada Militar, o homem fugiu. No local, os policiais militares apreenderam os objetos deixados em cima da cama (chumbo, pólvora, buchas de recarga de munição, estojos de arma de fogo e cartucheiras).

A operação foi batizada de Santa em referência a Santa Rita de Cássia, padroeira das pessoas vítimas de violência doméstica.

 

Fonte:SSP/RS

 

Deixe seu comentário