O corpo foi encontrado ao lado dos trilhos, próximo ao salão de bailes da localidade de Passo da Amora

O corpo encontrado na localidade de Passo da Amora, interior de Montenegro, por volta das 6h dessa Sexta-feira Santa, pode ser do proprietário de um estabelecimento comercial situado em Muda Boi. A.M. de 49 anos foi dado como desaparecido nessa quinta-feira, dia 1º. O registro do sumiço foi feito pelo irmão dele, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

O cadáver – suspeito de ser do desaparecido –  foi encontrado por uma pessoa que colhia Macela no começo da manhã. A Brigada Militar foi acionada e ao chegar no local constatou que a vítima estava jogada em uma valeta, junto aos trilhos do trem, com as mãos amarradas para trás e um pano cobrindo parte de seu rosto.

A Polícia Civil e o Instituto Médico Legal foram contatados. Junto a vítima foram encontrados documentos e objetos pessoais, que servirão de elementos para a investigação do crime.

A carteira de identidade deixada com o corpo é do homem desaparecido em Muda Boi. Contudo, a gravidade dos ferimentos na face da vítima dificulta a identificação. Desse modo, a identidade só será oficialmente confirmada após a conclusão de exames da perícia.

Além de ter olhos e nariz arrancados de seu rosto, o homem sofreu tentativa de carbonização. Algumas partes do corpo chegaram a ser queimadas. A perícia também deve apontar que tipo de objeto foi utilizado no assassinato. O corpo, aparentemente, não apresenta marcas de disparos efetuados por arma de fogo.

Desdobramentos do caso

Segundo o delegado Paulo Ricardo Costa, plantonista da DPPA neste feriado, a investigação tentará reconstituir o trajeto feito pela vítima e pelo autor(es) do crime. Proprietários de residências e empresas, próximas ao local onde o cadáver foi localizado, podem colaborar com o trabalho da Polícia fornecendo imagens de câmeras de segurança.

A investigação também irá apurar se a vítima tinha algum tipo de envolvimento com o tráfico de drogas. Conforme o delegado, o homem possui antecedentes por delitos de menor potencial, nada que o associe de imediato ao comércio de drogas.

 

Deixe seu comentário