Elite e Peludos FC disputaram até o último minuto a decisão da Copa JBFP Urbanizações, do Grêmio Gaúcho

Copa JBFP Urbanizações. Equipe não deu chance para o Ellite na decisão

O sábado foi dia de final para o campeonato de futebol sete do Grêmio Gaúcho, com a Copa JBFP Urbanizações. Peludos FC e Elite disputaram o título com garra até o último minuto. O jogo foi marcado por entradas perigosas e discussões, mas também de lances impressionantes. De um lado, estava o tricampeão Ellite, que buscava mais um título para sua coleção. Do outro, o Peludos, atual bicampeão do torneio melhor defesa em toda a campanha deste semestre.

No final, não deu outra. A defesa do Peludos segurou o ataque mais poderoso da competição e sua linha de frente foi para cima do Elite, que levou dois no primeiro tempo e mais um no segundo, sagrando a equipe do Peludos como tricampeã do campeonato.

Logo no primeiro tempo, o Peludos já mostrava a que veio, abrindo uma vantagem considerável no placar. O primeiro foi marcado por Lucas Pacheco, aos nove minutos de partida. Depois, Diego Logue da Silva, aos 17 minutos, ampliou o marcador.

Mesmo com a desvantagem, o Ellite não deixou por menos, foi pra cima e investiu em chutes de fora da área. Aos 19 minutos, teve uma chance de marcar com uma falta perto da área, mas não conseguiu balançar as redes do adversário.

Equipe do Peludos teve a melhor defesa e na final marcou três gols sobre o Elite, levando o título de tricampeão

Ainda na primeira etapa do jogo, uma dividida perigosa. Depois de uma disputa de bola, Lucas, do Peludos, caiu e bateu na mureta do banco de reservas. O jogo foi interrompido para que o atleta se recuperasse.

No segundo tempo, o Ellite voltou com ainda mais vontade de virar o jogo, com troca de passes e buscando o gol insistentemente. No entanto, o Peludos resistiu e manteve a vantagem.

Com quase 11 minutos, mais uma falta e o Ellite teve mais uma chance clara de marcar. Na cobrança, a bola bateu na barreira e saiu. Dominando a área adversária, a equipe tentou, mas não conseguiu marcar um gol. O Peludos se defendia bem e não perdia a oportunidade de investir em contra-ataques. Aos 18 minutos e meio, Lucas, que já havia marcado no primeiro tempo, faz mais um e levantou a torcida, selando o terceiro título seguido do Peludos.
O Ellite tentou, mas não teve jeito, a bola parava nas mãos do goleiro. Encerrando o segundo tempo, o Peludos já estava com um a menos, já que Wilson dos Santos da Silva levou um cartão vermelho aos 22 minutos por segurar o ataque do time adversário. Com 3 a 0 no placar, o Peludos levou o título e agora é tricampeão no torneio de futebol sete do Grêmio Gaúcho.

“Acho que nosso time é mais que um time, é uma família. Acho que isso ajudou bastante para a conquista desse título. Agora é comemorar. Foi um jogo difícil, mas a qualidade da equipe prevaleceu”, avaliou Lucas, que marcou dois gols na vitória do Peludos.

Para o capitão da equipe campeã, Altair Ferreira Prestes, o Ellite mostrou qualidade técnica na disputa. “Foi um jogo difícil. O time do Ellite é um dos melhores que tem. Sempre com bons jogadores em todas as posições. A primeira final desse tricampeonato foi contra eles. Qualquer um poderia ter sido campeão, mas, Graças a Deus, fomos nós pela vontade. Somos uma família, como a gente sempre diz”, afirma.

Com a conquista do título, o Peludos também levou o troféu de defesa menos vazada do campeonato. Já o título de artilheiro da Série Ouro ficou com o atleta do Ellite, Júlio César da Motta. O troféu destaque ficou com Samuel, da equipe JDN/Ótica Jorge.

Deixe seu comentário