Objetos foram apreendidos com o suspeito

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira (16), a operação Capítulo Final. Foi preso o último suspeito da morte de Douglas Finger Ramos, ocorrido em 17 de maio passado.

“Nós já tínhamos efetuado a prisão de outros envolvidos e esse era o último foragido”, afirma a delegada Cleusa Spinatto, responsável pela operação. De acordo com ela, o foragido estava escondido na Ilha das Flores, na casa de parentes. Participaram da operação, 13 policiais da região, com o apoio de outros policiais da 4ª Delegacia de Porto Alegre.

Ao todo, serão oito indiciados pelo crime: dois mandantes e seis executores do homicídio. Segundo as investigações já realizadas, o crime tem relação com tráfico de drogas. “Os mandantes eram traficantes e a vítima, usuário”, explica a delegada.

O crime ocorreu em São Sebastião do Caí, em maio. A vítima foi encontrada parcialmente carbonizada na entrada de uma área verde na vila São Martin, em São Sebastião do Caí.

Veja a entrevista com a delegada Cleusa Spinatto:

Deixe seu comentário