Ciclistas fizeram trajeto pela cidade; do bairro Timbaúva ao Centenário

Ciclistas se reuniram em momento de confraternização, esporte e solidariedade

O Mombach Supermercados promoveu nessa terça-feira, 12 de outubro, mais uma edição do seu Passeio Ciclístico Mombach. Com o feriado de Nossa Senhora Aparecida e o clima favorável, o público compareceu em peso. “O mercado é muito família e recebe muitas famílias. Esse evento tem tudo a ver com isso”, avalia José Francisco Mombach Friedrich, um dos organizadores. “O pessoal vem, traz os filhos menores, tem vô, vó, pai, mãe. Esse passeio sempre juntou muito o nosso cliente”

Essa foi o quarto ano do projeto que, em função da pandemia, não pôde ser realizado em 2020. “Nos deixou bem chateados de não poder fazer, mas, devagarinho as coisas estão voltando”, comemora José Augusto Mombach Friedrich, também organizador. O Passeio Ciclístico também teve viés solidário. Cada um dos inscritos doou um quilo de alimento não perecível. Empresas parceiras do evento ainda doaram mais dez quilos, cada. A contagem final deve ser feita só na quarta, mas a organização projeta uma arrecadação de cerca de 500 quilos que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade com o apoio da Cufa. “Tem muita gente precisando”, comenta José Francisco.

O passeio teve início na loja do bairro Timbaúva da rede. Seguiu até a beira do rio, com uma parada em frente à Câmara de Vereadores para distribuição de água, frutas e barras de cereais. Os ciclistas subiram a João Pessoa e acessaram a Buarque de Macedo pela rua Santos Dumont. De lá, foram até a loja do bairro Centenário onde eram esperados com brinquedos infláveis do Sesc e vários estandes de marcas parceiras do supermercado; trazendo brindes, degustações e outras atrações.

José Francisco, Marili e José Augusto Mombach Friedrich. Família responsável pelo Mombach levou bicicletas relíquias que, há décadas, eram usadas para as entregas de compras no mercado
Flavio Kern desfilou com uma das bicicletas mais enfeitadas
Fábio Kerber, Patricia Kettermann, a pequena Clara (que é tímida pra fotos) e a Helena. O passeio foi em família
Foi na Caloi ano 1979 que ganhou do sogro há décadas que Roberto Jantsch participou, pela primeira vez, do passeio. Ele diz que quer voltar nos próximos
A dona Neusa Souza da Silva, de 61 anos, enfeitou sua bici com flores em referência à Primavera e à força da natureza

Deixe seu comentário