Até às 20h a fila já estava com mais de 10 carros

Por volta das 17h desta sexta-feira, 14, o primeiro carro chegava à fila da segunda aplicação da CoronaVac, em frente ao Parque Centenário. Mariane Silva da Rosa, junto com o marido, Adilson Klock, foi em busca de um lugar garantido para que a sua mãe pudesse se vacinar, e conseguiu. Até às 20h, horário em que a reportagem do Ibiá esteve no local, eram mais de dez carros na fila.

Mariane da Rosa e Adilson Klock chegaram cedo para garantir a segunda dose de Celi da Silva

Para Mariane, apesar do frio e a noite que será enfrentada o primeiro lugar é visto como um troféu. “Na última vez que a gente teve aqui a gente não conseguiu (vacina), ficou por seis carros, e a minha mãe tem enfisema pulmonar, pressão alta, tem problema de saúde”, diz. Celi da Silva, de 67 anos, se vacinou no dia 29 de março, mas dessa vez ficou aguardando em casa devido a sua saúde. “Vai ser muito gratificante, depois de tentativas frustradas a preocupação da gente dela estar vacinada ou não vacinada vai passar”, comenta a filha.

Dirceu se vacinou no dia 3 de abril, e por isso irá retornar no domingo

Segundo da fila, Dirceu Cezar se vacinou no dia 3 de abril, e segundo a Prefeitura poderia se vacinar apenas no domingo, mas mesmo assim ele se dirigiu ao Centenário para garantir uma dose. “Será que vai sobrar pra mim?”, indagou. Após a ligação de sua esposa foi confirmado a desconfiança: mesmo no início da fila ele só pode se vacinar no domingo, caso sobrem doses. Dirceu foi embora, mas ressalta que ficará atento para voltar e receber a segunda dose.

Maria Antônia dos Santos Pereira e o esposo saíram cedo do bairro Aeroclube para serem vacinados

Quem também chegou cedo na fila foi Maria Antônia dos Santos Pereira, 67 anos, e seu esposo. Os dois se vacinaram no dia 28 e 29 de março, e assim como outras pessoas, não conseguiram a segunda aplicação da vacina CoronaVac da última vez. “A gente veio aqui olhar e o guarda falou que a fila tava pra outro lado; a gente foi olhar e estava quase na Pracinha dos Ferroviários, ai eu desisti e fui embora”, conta.

Maria foi equipada para passar a noite no carro: chá, pães e cobertores faziam parte do “kit” preparado por ela. “Eu tenho bastante problema de saúde, tenho hérnia de disco, bronquite; eu não podia perder a oportunidade, tem que tentar”, completa.

Há 790 doses disponíveis

As doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, que chegaram ao Município nesta sexta vão ser aplicadas na população durante o final de semana. Segundo a Prefeitura de Montenegro, de 830 doses a serem recebidas para a segunda aplicação, 790 estarão disponíveis para idosos que receberam a primeira dose até 2 de abril. As outras 40 doses serão destinadas para profissionais da saúde e pessoas acamadas.

Fichas serão distribuídas somente às 6h deste sábado

A vacinação das pessoas que receberam a primeira dose até 2 de abril acontecerá no sistema drive-thru, no Parque Centenário, neste sábado, dia 15. Primeiro, às 6h, ocorrerá a distribuição de senhas a partir do portão principal, junto à rua Ibiá. De acordo com a Prefeitura, uma equipe da secretaria da Saúde percorrerá a fila entregando os números por ordem de chegada. Não há necessidade de sair do veículo. Pessoas que não possuírem carro e forem à pé devem dirigir-se diretamente ao portão. A vacinação iniciará às 8h e seguirá até o meio-dia.

Se houver sobra de doses, elas serão aplicadas no domingo, dia 16, seguindo o mesmo esquema – distribuição de senha às 6h e aplicação das 8h ao meio-dia -, no entanto havendo a ampliação do público-alvo para pessoas que receberam a primeira dose até 3 de abril.

Deixe seu comentário