Novos casos de Covid-19 foram confirmados no Vale do Caí. Pareci Novo confirmou uma pessoa infectada pelo novo coronavírus. Outro município que registrou a doença na região foi Tupandi, com um caso.

Em Pareci Novo o caso confirmado trata-se de um homem de 66 anos que retornou de viagem internacional recentemente. O paciente encontra-se hospitalizado e estável.
Desde o retorno da viagem o paciente e familiares foram acompanhados pela equipe de saúde do município e orientados referente ao isolamento social e medidas de prevenção.

A paciente de Tupandi é uma mulher, de 33 anos, que estava internada há cinco dias no Hospital Montenegro 100% SUS e teve alta nesta segunda-feira, 6. Durante a sua internação foi realizado o teste que deu positivo nesta terça-feira, 7. A mulher passa bem e já está em isolamento domiciliar com a família. Segundo o secretário da Saúde, Nestor Erbes, a transmissão foi comunitária. A família possui um bar na cidade.

Harmonia, que tinha apenas um caso confirmado, agora registra três pessoas infectadas pela doença. Um casal com 78 e 76 anos, foi confirmado nessa terça-feira, 7. Eles estariam internados com suspeita de pneumonia e fizeram o teste, que deu positivo para a Covid-19. O casal está bem de saúde e a família já foi contatada e está em quarentena, mas ninguém apresenta sintomas. O caminhoneiro, que havia sido confirmado com a Covid-19, ainda está na CTI. Além desses pacientes, São Sebastião do Caí tem dois casos confirmados.

Em Montenegro, até o momento, não há casos confirmados da doença, no entanto são analisados 11 suspeitos.

Brasil tem 667 mortes e 13.717 casos confirmados de coronavírus

Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde no final da tarde desta terça-feira, 7, subiu para 667 o número de óbitos causados pelo novo coronavírus e 13.717 de infectados. Houve 114 novas mortes em relação aos dados divulgados na segunda, 6. A taxa de letalidade está em 4,9%.

Já o Rio Grande do Sul subiu para 555 o número de casos confirmados. Apesar de novos casos terem sido registrados, nenhuma nova morte foi confirmada e o Estado segue com 8 óbitos até agora. A faixa etária com maior número de casos (109) é a de pessoas entre 30 e 39 anos, seguido de pessoas entre 40 e 49 anos e idosos entre 60 a 69 anos, ambos com 100 casos cada.

Deixe seu comentário