Estado investirá R$ 3,9 milhões na segurança dos gaúchos. Foto: Arquivo Daer

Serão 68 faixas de rodagem fiscalizadas por câmeras capazes de identificar veículos roubados

O contrato entre Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e a empresa Perkons foi assinado nesta segunda-feira, dia 27. Ele prevê a instalação de controladores de velocidade em sete rodovias gaúchas, somando 68 faixas de tráfego monitoradas por 16 câmeras e 16 dispositivos com leitores de placas. Os locais serão os mesmos dos contratos anteriores, mas os quilômetros não são divulgados para preservar a segurança dos usuários das rodovias.

Os pardais serão instalados em até 60 dias após a ordem de início dos serviços, prevista para ser expedida ainda nesta semana. Aproximadamente R$ 3,9 milhões serão investidos na operação e manutenção dos equipamentos, um valor 32% menor do que estava previsto no Pregão Eletrônico de 2019. Além da economia, a licitação traz aparelhos com funções diferenciadas, como a tecnologia OCR – sigla em inglês para “optical character recognition”.

Está tecnologia permite registrar as placas dos veículos e cruzar essas informações com o banco de dados de outros órgãos estaduais, com Detran e polícias. “Poderão contribuir, por exemplo, para identificar veículos roubados”, destaca o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino.

Segundo o dirigente, a expectativa é de que em breve seja assinado outro contrato, este com a empresa Fiscal Tech, que receberá R$ 1,9 milhão para monitorar 25 faixas com nove câmeras e nove dispositivos com leitores de placas. Os contratos possuem vigência de 24 meses, podendo ser prorrogados por igual período.

Rodovias e trechos
Perkons:
ERS-030 (Osório – Tramandaí); ERS-040 (Viamão – Pinhal); ERS-122 (Portão – Caxias do Sul); ERS-239 (Novo Hamburgo – Rolante); ERS-240 (São Leopoldo – Montenegro); ERS-389 (Osório – Torres) e ERS-453 (Venâncio Aires – Tainhas).
Fiscaltech:
ERS-135 (Passo Fundo – Erechim); ERS-324 (Passo Fundo – Nova Prata); ERS-342 (Ijuí – Cruz Alta); RSC-153 (Passo Fundo – Tio Hugo); RSC-287 (Montenegro – Santa Maria); RSC-470 (Nova Prata – Bento Gonçalves) e ERS-122 (São Vendelino – Farroupilha)

Deixe seu comentário