Empreendimento fica na localidade de Fortaleza, no interior. FOTO: PANVEL/DIVULGAÇÃO

Fica na localidade de Fortaleza, no interior de Montenegro, a usina de geração de energia solar da rede de farmácias Panvel. É a terceira que a empresa constrói no Estado, após empreendimentos do tipo em Vacaria e em Rosário do Sul.

Ainda aguardando autorização da RGE Sul para funcionar, a usina montenegrina é formada por 3.528 placas solares, que gerarão o equivalente a 1.6 milhão de quilowatts-hora de energia elétrica ao ano. O montante, segundo a empresa, equivale ao consumo de 842 residências e deve promover a redução na emissão de 196 mil quilos de gás carbônico na atmosfera.

O investimento na Fortaleza é de R$ 4 milhões. Pesou na escolha do local, de acordo com a direção da rede, o relevo do terreno e a facilidade logística para implantação. A energia gerada ali, a partir da captação da luz solar, vai compensar o consumo não só da farmácia de Montenegro, como o de unidades da Panvel nos arredores.

“A geração própria de energia limpa irá neutralizar o impacto de energia consumida. A iniciativa representa o compromisso da Panvel com soluções que mirem a sustentabilidade”, destaca Antonio Napp, diretor Financeiro e de Relações com Investidores da empresa.

A meta é ter um total de nove usinas instaladas na Região Sul do país até o fim deste ano, compensando o consumo das mais de 300 lojas de rua da rede nos três estados. Só a consequente redução da emissão de gás carbônico gerada pela unidade de Montenegro equivale ao plantio de 19.300 árvores.

Deixe seu comentário