Painel abordou a participação dos índios, portugueses, negros e alemães a formação da região

Um painel sobre a influência de diferentes etnias na formação de Montenegro e região iniciou a programação sobre história e cultura, na manhã desta segunda-feira, em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra. O professor Thiago Proença falou sobre os índios; professor Flávio Azeredo, sobre os portugueses; pesquisador Eduardo Kauer, sobre os Alemães; e o jornalista e sociólogo Rogério Santos, sobre os negros.

O evento segue hoje à tarde com “troca de experiências sobre a questão racial”, e haverá também oficinas de bonecas e de dança. À noite haverá entrega de certificados às “Referências Negras”, às 19h30min. Logo após, ocorrerá uma mostra de dança afro, com a bailarina Rina Léndé e, às 20h, a exibição do documentário Negro do Vale do Caí, do professor Roberto dos Santos. Depois haverá breve troca de impressões sobre o documentário, e o encerramento será com o grupo de dança Essência Afro. As atividades são gratuitas e o evento ocorre no Espaço Brasken, na Estação da Cultura.

Deixe seu comentário