Ossada estava debaixo de escombros de casa incendiada. Foto: PC/Divulgação

O setor de Investigações da 1ª Delegacia da Polícia Civil de Montenegro obteve acesso ao laudo pericial referente a uma ossada humana encontrada na localidade de Bom Jardim, divisa entre Brochier e Montenegro, no dia 5 de maio de 2017. A Perícia apontou que os restos mortais são de um de indivíduo do sexo masculino, maior de 35 anos. Na época, chamou a atenção o fato de parte de uma prótese dentária ter sido achada no local, o que em tese, sugestiona ser de pessoa com mais idade.

Havia a suspeita de que a ossada fosse de um senhor desaparecido. A filha do homem foi encaminhada à perícia, visando à comparação genética, porém o resultado foi negativo. Agora, o perfil genético foi lançado no Banco de Perfis Genéticos de Pessoas Desaparecidas do Rio Grande do Sul, no qual poderá ser comparado com familiares de desaparecidos.

Relembre o caso
A ossada humana foi encontrada em uma casa incendiada no Recanto dos Carvalhos, na localidade de Bom Jardim. De acordo com o chefe de investigações da 1ª DP, Alisson Castilhos, os restos humanos estavam debaixo dos escombros do imóvel, feito de pedra em suas paredes e com divisórias de madeira, mas abandonado há 20 anos. Há anos o local pegou fogo.“Não é comum isso aqui. A gente não sabe se a pessoa foi morta antes ou depois, já que pode ter sido colocada lá. Ela poderia, inclusive, estar viva quando ocorreu o incêndio”, disse, na época, o chefe de investigações.

Deixe seu comentário