Ossada estava debaixo de escombros de casa incendiada foto: PC/Divulgação

A Polícia Civil tem pela frente um enigma para resolver em Montenegro: uma ossada humana foi encontrada no dia 5 de maio em uma casa incendiada no Recanto dos Carvalhos, na localidade de Bom Jardim. De acordo com o chefe de investigações da 1ª DP, Alisson Castilhos, os restos humanos estavam debaixo dos escombros do imóvel, feito de pedra em suas paredes e com divisórias de madeira, mas abandonado há 20 anos. O local pegou fogo há quatro ou cinco meses.
A Polícia diz que nos restos mortais estava uma prótese de um dente derretido. “Não é comum isso aqui. A gente não sabe se a pessoa foi morta antes ou depois, já que pode ter sido colocada lá. Ela poderia, inclusive, estar viva quando ocorreu o incêndio”, admite o chefe de investigações. Com tantas perguntas sem respostas, a Polícia busca a colaboração da comunidade.
Detalhes que ajudem na identificação da vítima podem ser repassados para os telefones 197 e 3632-1111. Sem que fosse decifrado o enigma do caso, a ossada foi encaminhada nesta semana para o setor de Antropologia Forense do Departamento Médico Legal, em Porto Alegre. Não há prazo para resposta. A esperança do policial é que um exame de DNA seja feito para que o processo seja agilizado.
Atualmente duas pessoas – homens com mais idade – estão desaparecidos, mas o policial prefere a cautela e não faz nenhuma ligação entre a descoberta dos ossos e os sumiços dessas pessoas.

Deixe seu comentário