CBMRS tem 973 guarda-vidas distribuídos em 272 postos de salvamento em todo o Estado - Foto: Nícolas Castro/CBMRS

No primeiro mês de atuação da Operação RS Verão Total 2021/22 houve aumento nos números de salvamento e nas atividades preventivas desenvolvidas pelo Comando dos Bombeiros Militares do RS. Mesmo com o aumento dos salvamentos a corporação não registrou óbitos em áreas cobertas pelo serviço dos guarda-vidas.

Apesar do aumento da movimentação nas praias, a Brigada Militar contabilizou a redução de quase 53% nos furtos qualificados em comparação com o mesmo período da temporada anterior. Neste primeiro período de veraneio também foi registrada queda de 41,49% nos roubos a pedestre, 40% nos roubos de veículos, e 25% nos homicídios dolosos.

Em comparação com a operação anterior, os números de salvamentos registraram um aumento de 79%, totalizando 250 intervenções do tipo no período. Ainda, foram 115.126 atividades preventivas no período, o chamado apitaço. Em comparação com o ano anterior, o aumento foi de 20%.

Com base nas estatísticas a instituição traçou o “Perfil do afogado”. Segundo os números, 31% dos salvamentos são de crianças de 6 a 15 anos, 14% de homens de 16 a 25 anos, e 11% de mulheres entre 16 e 20 anos, e 31 a 40 anos. O horário de maior número de ocorrências deste tipo é das 14h30min às 19 horas, representando 59% das ocorrências.

 

Deixe seu comentário