Polícia, Patram, Brigada, apreensão, Meio Ambiente, crime ambiental
Gaiolas e alçapões foram apreendidos em Montenegro e Capela. Foto: Patram/ BM
Responsáveis responderão Termo Circunstanciado. Foto: Patram/ BM

Em operação de combate de crimes contra a fauna, nos dias 23 e 24 de fevereiro, agentes da Patram Montenegro/ Brigada Militar realizou a apreensão de 43 pássaros silvestres, em Montenegro e Capela de Santana. As aves de diversas espécies estavam sendo criadas em cativeiro, sem a devida permissão, licença ou autorização do órgão competente. Mais de 33 gaiolas e três alçapões também foram recolhidos e posteriormente destruídos. Os pássaros passaram por avaliação clínico-veterinária, sendo que aqueles que estavam em condições de serem reinseridos ao seu habitat natural foram soltos. Os demais foram encaminhados ao Hospital Veterinário do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul. Dentre as espécies apreendidas não encontramos nenhuma ameaçada de extinção. As ações prosseguirão nos próximos dias.

Aves recolhidas não estavam ameaçadas de extinção. Foto: Patram/ BM

Deixe seu comentário