Processo depende da aprovação dos parlamentares em Plenário

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entregou, há pouco, na Câmara de Vereadores, o novo requerimento do pedido de Impeachment contra o prefeito afastado Luiz Américo Aldana. O primeiro a se manifestar foi o presidente da OAB RS, Ricardo Breier. Na sequêncica, Sepé Tiaraju Rigon de Campos, presidente da Subseção local se pronunciou. Agora, o processo depende da aprovação em Plenário e precisa de sete dos 10 votos dos parlamentares.

Lembrando que está previsto para às 14h de hoje o depoimento do prefeito Aldana no outro processo de Impeachment, que já está em prosseguimento.

Deixe seu comentário