Foto: PRF

Ações de combate ao crime e de fiscalização de trânsito marcaram as operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante os deslocamentos para as festas de virada de ano entre quinta-feira, dia 30, e domingo, dia 2, no Rio Grande do Sul. A PRF registrou aumento do fluxo de veículos nas rodovias federais gaúchas, que apresentaram movimento intenso principalmente no domingo.

Diversas ações focadas nos locais com maior índice de acidentalidade foram realizadas, resultando no aumento da fiscalização (272% mais veículos fiscalizados), dos testes com o bafômetro (aumento em 2.033%) e das autuações (79% mais autos de infração) em comparação com o ano passado. Destaque especial para as autuações de motoristas embriagados e/ou que se recusaram a realizar o teste com o bafômetro (aumento de 112%).

As rondas ostensivas foram reforçadas, principalmente nos horários e locais de maior movimento, tornando o policiamento mais visível e o tempo de resposta às ocorrências menor. Em geral a movimentação foi maior que a de 2020, mas ainda longe do fluxo intenso na época anterior à pandemia. Em abordagens orientadas pelo setor de inteligência, veículos suspeitos de terem relação com crimes foram interceptados e fiscalizados, o que refletiu na prisão em flagrante de 27 criminosos.

Um acidente ocorrido no final da noite de domingo, na BR-287 em Unistalda, causou a única morte registrada nas rodovias federais no período, diferente do ano anterior em que foram registradas quatro mortes. Houve redução também de 67% no número de acidentes graves e de 17% no número de feridos.

Comparação da operação do feriado de Ano Novo 2021 (31/12/20 a 03/01/21) com o de 2022 (30/12/21 a 02/01/22):

(2020 – 2021)
Veículos fiscalizados: 1.244 – 4.629;
Testes de alcoolemia (bafômetro): 129 – 2.752;
Autuações: 1.211 – 2.172;
Autuações por ultrapassagens indevidas: 213 – 252;
Autuações envolvendo alcoolemia ao volante: 49 – 104;
Acidentes: 47 – 34;
Pessoas feridas: 59 – 49;
Pessoas mortas: 4 – 1;
Pessoas presas: 17 – 27.

Deixe seu comentário