O ex-funcionário da Prefeitura Alex Sandro da Silva acaba de entregar na Câmara de Vereadores um novo requerimento pedindo a cassação do mandato do prefeito Kadu Müller. Durante esta quarta-feira, o documento será analisado pela consultoria jurídica da casa para verificar se atende a todos os pré-requisitos formais para ações deste tipo. Em caso positivo, será lido em plenário na sessão desta noite e depois terá sua admissibilidade colocada em votação. Para a instalação do processo, são necessários os votos de sete dos dez vereadores.

Alex esteve na Câmara sexta-feira, entregando um envelope com documentos e um pen drive com áudios que supostamente indicam irregularidades em licitações como as do transporte escolar, da coleta do lixo e da Transcitrus. Além do prefeito Kadu, ele acusa cerca 20 pessoas e empresas de estarem saqueando os cofres públicos. Contudo, naquele momento, o requerimento de cassação continha erros que permitiriam seu uso apenas para abertura de uma CPI. Há pouco, ele entregou uma nova versão.

A sessão da Câmara, que normalmente acontece às quintas, foi antecipada para esta quarta-feira em virtude do feriado do Dia da Reforma Protestante. Os trabalhos iniciam às 19h e a comunidade pode participar.

Deixe seu comentário