Aulas Remotas reúnem professores e alunos na plataforma Google Sala de Aula (Classroom). Fotos: Seduc

A alta recente nas internações por Covid-19 no Rio Grande do Sul alterou o cronograma de retorno gradual das aulas presenciais. Segundo a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), conforme anúncio do governador do Estado, Eduardo Leite, as aulas presenciais na rede estadual, nas redes municipais e nas escolas privadas ainda permanecem suspensas.

Devido ao ingresso em Bandeira Vermelha, como ocorreu municípios do Vale do Caí, uma nova data de retorno está sendo analisada, juntamente à Secretaria Estadual da Saúde. Inclusive, no último dia 8 foi publicada, no Diário Oficial do Estado, uma portaria conjunta entre as pastas, Ela dispõe sobre os protocolos de prevenção, monitoramento e controle da Covid-19 a serem adotados por todas as instituições de ensino no Rio Grande do Sul.

Estado oferece ainda Aulas Preparatórias ao Enem, com transmissão na TVE-RS, de segunda a sexta, das 19h às 23h

Estas orientações serão adotadas para o retorno das aulas presenciais (ainda sem data). E a volta dos estudantes, professores e servidores as escolas está sendo avaliado conforme os critérios do Distanciamento Controlado e da evolução dos casos de coronavírus.

Todo caso, as Aulas Remotas seguirão por todo o ano de 2020. Mesmo diante de um retorno das presenciais, elas ocorrerão seguido o Modelo Híbrido de ensino, adotado na Rede. Essas atividades contam como carga horária e a presença se dará pela participação do aluno dentro do ambiente virtual. O registro é feito pelos professores por meio do Diário de Classe Online, presente no aplicativo “Escola RS”.

As medidas do protocolo de prevenção, monitoramento e controle ao novo coronavírus estão na Portaria Conjunta publicada no Diário Oficial: https://coronavirus.rs.gov.br/upload/arquivos/202006/09105205-portaria-conjunta-ses-seduc-republicacao.pdf

O universo da Comunidade Escolar
A preocupação com o ambiente escolar se justifica pela grande comunidade nele circula, representando um significativo, e inevitável, contato social no sistema presencial. A Secretaria Estadual da Educação informa que possui 812 mil alunos matriculados na Rede Estadual de Ensino. São cerca de 60 mil professores e mais de 17 mil servidores, como merendeiras e serventes de limpeza.

Deixe seu comentário