Ação permite a realização de exames do mormo e da anemia infecciosa e vacina da contra a Influenza por apenas R$ 120,00

Organizado pelo grupo Amigos do Cavalo, o mutirão para a realização dos exames do mormo e de anemia infecciosa e a vacina contra a Influenza está na sua metade e já superou as expectativas dos organizadores. No começo da tarde deste sábado, dia 29, foram realizados atendimentos em Santos Reis, no interior de Montenegro, e, a partir das 16h30min, será realizado mutirão em Pareci Novo, no parque municipal. Antes – na noite de sexta-feira e na manhã deste sábado -, o grupo realizou exames na Hotelaria Espírito Santo, em Costa da Serra e no Muda Boi. Com isso, já são mais de 100 exames realizados.

“Ontem, na hotelaria Espírito Santo foram mais de 70 coletas, sendo que havia 50 agendadas. Em Muda Boi, eram 12 agendamentos, mas realizamos 25 coletas”, destacou o presidente do grupo, Paulo Schneider, assim que os organizadores chegaram em Santos Reis. Na comunidade do interior de Montenegro estava agendando o atendimento de 15 cavalos, mas Paulo esperava que esse número seria maior.

Diogo levou a égua Tostada para fazer os procedimentos

Diogo Altenhofen, 25 anos, aproveitou que os três procedimentos – vacina contra a Influenza e os exames do mormo e da anemia infecciosa – estavam apenas R$ 120,00 para realizá-los na égua Tostada. “Andei pesquisando os valores e é só de R$ 150 para cima”, contou. Começando a participar de rodeios, ele aproveitou a oportunidade para atestar a saúde do seu animal e poder levá-lo para os eventos futuramente.

Inclusive, houve proprietário de animal que não pode estar presente, mas não perdeu a oportunidade de realizar a vacina e os exames com baixo valor. O caso foi revelado pelo chacreiro Valmir Carvalho, 56 anos, que levou a égua Natascha de seu patrão. Em razão de compromissos pessoais, ele não pode ir ao mutirão e pediu que o funcionário levasse o equino.

Marcelo costuma participar de cavalgadas com Trovão e busca deixar os exames em dia

Já o agricultor Marcelo Kirsten, 31 anos, aproveitou o baixo valor dos exames para realizá-los novamente antes mesmo de o prazo dos que ele já possuía do cavalo Trovão expirarem. Tendo no equino um companheiro de lazer, Marcelo costuma participar de cavalgadas com o animal, por isso já possuía os exames exigidos. Vale lembrar que eventos como cavalgadas e rodeios exigem a apresentação dos exames para que os animais possam participar.

De acordo com o presidente do grupo Amigos do Cavalo, a vacina tem prazo de validade de um ano enquanto que os exames de mormo e da anemia infecciosa têm prazo de validade de seis meses. É por isso que o grupo voltará a realizar um mutirão em agosto deste ano, tendo em vista os festejos farroupilhas. Nesse segundo mutirão, Paulo projeta que mais de 300 exames deverão ser feitos.

Novo mutirão será realizado em agosto, visando os festejos farroupilhas

Amanhã, quem tiver interesse, poderá realizar os procedimentos às 8h no CTG Alma Estradeira, na localidade de Potreiro Grande, ou às 10h no Rancho Herança e Terra, no bairro Aeroclube. Já na quarta-feira, dia 4, também no Rancho Herança e Terra, serão realizados os procedimentos de forma gratuita para carroceiros que possuam cavalos. Tal ação ocorre às 19h. Além disso, o grupo preparou duas palestras que tem como tema a saúde dos cavalos. Na terça-feira, dia 3, o tema será nutrição e manejo de equinos e na quinta-feira, dia 5, o encontro debaterá manejo sanitário, sanidade equina e legislação relacionada. Ambas as ações ocorrem às 20h, no Rancho Herança e Terra.

Deixe seu comentário