Investimento. De 25 de dezembro até o final de janeiro, foram 520 horas-máquina cedidas aos produtores rurais
A preparação de um terreno é o primeiro passo para o início de um novo empreendimento. Sabendo dos altos custos que essa tarefa pode representar, a Prefeitura de Maratá auxilia produtores integrados de suínos e aves que estejam construindo estruturas ou as ampliando. Dados da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente apontam que, desde 25 de dezembro até o final de janeiro, 520 horas-máquinas foram cedidas para realizarem a terraplanagem em duas propriedades.

Serviço oferecido é uma maneira de incentivar o produtor a entrar no sistema de integrados
fotos: Divulgação/P.M. de Maratá

“As famílias atendidas são de Linha Götz e de Esperança. Semana que vem, iniciamos um trabalho em uma área de 2,5 hectares em São Pedro do Maratá, onde serão implantados aviários”, revela o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Elson Wadenphul. Segundo ele, uma média de cinco máquinas e três caminhões foram empregados nos trabalhos do último mês. Além da terraplanagem, o município também auxilia os integrados com o frete de materiais de construção, como areia e brita.
“Como Maratá tem a agricultura como carro-chefe na geração de impostos, precisamos reconhecer e valorizar isso”, destaca o secretário. Elson aponta ainda que o município possui atualmente 88 agricultores integrados e que eles, bem como os demais produtores rurais, podem buscar a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente para ter apoio. “Além da terraplanagem para os integrados, também oferecemos subsídios no serviço de silagem, em projetos elétricos para aumento de carga e no frete do calcário”, exemplifica.

 

Trabalhos de nivelamento do terreno são realizados por cinco máquinas e três caminhões da Administração Municipal de maneira gratuita

Entre os produtores que utilizaram os serviços da Prefeitura para dar início ao seu trabalho como integrado, está Renato Götz, 51 anos. Ao lado do genro Claudemir da Silva, ele investe numa pocilga para mil porcos e outra para mil leitões. “É um bom apoio dado pela Prefeitura. Sem ele, seria uma despesa extra. É uma ajuda muito boa”, garante o suinocultor. Segundo Renato, o auxílio prestado pela Administração Municipal também é uma forma de incentivar outros produtores a entrarem no sistema integrado.

 

Prefeito destaca importância da parceria

O prefeito Fernando Schrammel destaca que a parceria com os produtores integrados é uma forma de fazer com que eles invistam mais em suas atividades. “Isso traz renda para a família e para o município. Além de segurar os jovens no interior”, comenta o chefe do Executivo marataense. Ele garante ainda que o setor de integrados é uma das prioridades do seu governo. “Hoje, 63% da nossa arrecadação vem da agricultura”, revela.
Fernando aponta ainda que o auxílio prestado pela Prefeitura tem retorno garantido. “Gastamos com a terraplanagem uma vez e a arrecadação é para sempre”, afirma. Outro exemplo dado pelo prefeito de Maratá é o da instalação da empresa Leben, indústria de produtos de limpeza e higiene pessoal. O município doou para a companhia uma área de um hectare no novo distrito industrial e também ficou responsável pela terraplanagem do local onde será construída a sede da empresa. “Eles trarão 50 empregos para o município. Dia 20 de fevereiro, devem ter início as obras”, destaca Fernando.

Local onde empresa irá se instalar também recebeu terraplanagem da Prefeitura
Compartilhar

Deixe seu comentário