O fato acontecido em Montenegro foi motivado após a acusada descobrir que havia um mandado de prisão em seu desfavor. Então, na noite desta quarta-feira, dia 17, Tainã da Costa Leivas, 20 anos, acionou a Brigada Militar (BM) e pediu para que viesse à sua casa, na BR-470, localidade do Faxinal, para que fosse presa. Os agentes foram ao local e comprovaram a informação, dando voz de prisão e conduzindo-na à DPPA Vale do Caí.

Tainã chamou a PM para ela mesma. Mas, para garantir sua vida. Foto: Internet

Já na Delegacia, em consulta sobre a situação judicial dela, foi constatado que, na verdade, havia dois mandados de prisão expedidos em seu desfavor. Apesar de muito jovem, em sua vida pregressa consta crimes como extorsão e roubo. Aos agentes da PM, argumentou que era integrante da facção criminosa “bala na cara”, para quem ficou devendo drogas e estava sob ameaça de morte.

Deixe seu comentário